Criança

“Isso foi como uma facada no coração”, desabafa pai após 2 crianças irem à festa de filha autista

O PJ Robins fez um apelo às pessoas nas redes sociais

Ingrid Campiteli

Ingrid Campiteli ,filha de Sandra e Paulo

 

O pai e a menina (Foto: Reprodução / Facebook)

O PJ Robins, pai de Remi, de cinco anos, fez um pedido emocionante nas redes sociais no último sábado, 12 de outubro. A menina, que tem autismo, teve a festa de aniversário com apenas 2 pessoas nela, em um Centro de Recreação em Aberillery, País de Gales.

O pai, em entrevista ao Wales Online, afirmou que 10 famílias foram convidadas para a comemoração, duas mães ligaram no dia dizendo que não poderiam ir porque os filhos estavam doente, mas seis não deram resposta e não apareceram. “Foi muito triste que a maioria delas nem sequer nos deu um retorno”, contou o pai ao site. “Para pessoas no espectro autista, mudanças de última hora são terrivelmente angustiantes, especialmente para Remi. Nós já tínhamos contado a ela sobre a festa e dito que convidamos suas amigas. Ela estava esperando que estariam lá. Em um determinado momento, ela se virou para gente e disse ‘mamãe, onde estão todos os meus amigos?’ e isso foi como uma facada no coração”.

A criança no aniversário antes das pessoas chegarem (Foto: Reprodução / Facebook)

Então, o pai decidiu fazer um post nas redes sociais, pedindo que famílias fossem para festa. “Por favor, se alguém estiver com tempo livre e tiver uma criança da idade de minha filha – pode nos ajudar a fazer da festa dela um dia memorável? Não esperamos nada em troca, nem cartões ou presentes, a festa está toda paga e há muita comida, só queremos que algumas crianças venham ajudar nossa menininha a comemorar”.

Depois de um tempo, as primeiras famílias chegaram. No total, 14 crianças foram comemorar o aniversário de Remi.“A Remi ficou chocada, para ser sincero. Ela tinha só duas amigas e de repente várias pessoas aparecem desejando feliz aniversário! Foi incrível. Muitas pessoas me enviaram mensagens contando suas próprias histórias como pais de crianças no espectro autista, oferecendo apoio, oportunidades para nossos filhos brincarem juntos e assim por diante. Muito obrigado a todos que vieram ao aniversário da Remi e trouxeram seus filhos!”, finalizou.

Leia também:

Criança autista compõe música durante voo e encanta os passageiros

Menino autista surpreende os pais ao cantar Hallelujah e vídeo viraliza na internet

Menina autista tem crise na escola e mãe agradece funcionária pela ajuda inesperada