Jovem morre em cachoeira durante excursão escolar e mãe afirma que o passeio era presente de aniversário

O jovem ficou desaparecido por cerca de 5 horas e foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros a 3 metros de profundidade na Cachoeira da Prainha, no MT

Resumo da Notícia

  • Jovem morreu em uma excursão com a escola para a cachoeira
  • O passeio era um presente de aniversário da mãe
  • A mãe lamentou o ocorrido

Nesta segunda-feira, 6 de dezembro, o estudante Daniel Hiarle Arruda de Oliveira, de 14 anos, faleceu após se acidentar em uma cachoeira no Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, MT. O jovem havia ido em uma excursão escolar e aquele era o seu presente de aniversário.

-Publicidade-

“No dia 1º foi aniversário dele. Ele falou: ‘mãe, só me dá o passeio’. Aí eu falei: ‘ah Daniel, você só pede coisa difícil’, mas daí eu assinei o papel e o meu marido deu o dinheiro para ele ir”, contou a mãe, Joceli de Oliveira.

Menino morre em cachoeira durante passeio escolar
Menino morre em cachoeira durante passeio escolar (Foto: Reprodução / g1)

A escola entrou em contato com a mãe, informando que o aluno estava desaparecido. No entanto, ela já imaginava que ele estava afogado e só não quiseram dar a notícia. Cerca de 5 horas depois, o corpo do jovem foi encontrado a 3 metros de profundidade na Cachoeira da Prainha, um dos pontos de parada do Circuito das Cachoeiras.

“Por que ela [representante da escola] não me falou a verdade? Ela mentiu. Se ela tivesse falado ‘olha mãe, aconteceu isso, mas a gente já está tomando as providências’. Ela falou que ele tinha sumido, não que tinha morrido ali afogado”, disse Joceli.

Daniel Hiarle Arruda de Oliveira
Daniel Hiarle Arruda de Oliveira, de 14 anos, faleceu durante passeio com a escola (Foto: Reprodução / g1)

“Ele era só uma criança. Se arrependimento matasse, eu estaria morta primeiro do que ele, porque eu não ia deixá-lo ir. Eu não ia deixar. Ele saiu de casa andando e agora vai voltar em um caixão”, declarou.

De acordo com a mãe, o passeio é realizado constantemente pela Escola Estadual Professor Welcio Mesquita de Oliveira, de Cuiabá. Esse havia sido o segundo passeio realizado neste mês.

A Secretaria de Educação do Mato Grosso afirmou em nota: “O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) informa que o corpo do estudante Daniel Hiarlly Rodrigues de Arruda foi encontrado na noite dessa segunda-feira (6) no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães. Ao ser declarado desaparecido pelos professores e alunos que estavam em atividade de campo na unidade, o ICMBio organizou grupos de buscas com os servidores e acionou, imediatamente, o Corpo de Bombeiros Militar do Mato Grosso. Todos os fatos foram comunicados às autoridades competentes, pelo Instituto, e, nesta terça-feira (7), as cachoeiras do parque seguem fechadas para as devidas investigações. O ICMBio e toda a equipe do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães lamentam a morte do estudante Daniel. O Instituto segue à disposição da família e dos amigos para prestar todos os esclarecimentos necessários”.