Matemática sem estresse: 8 atividades para descomplicar o assunto

Aprender matemática melhora a memória, a atenção e aumenta outras habilidades cognitivas básicas – por isso, é mega importante que seu filho olhe para essa disciplina de um jeito tranquilo

Resumo da Notícia

  • Aprender matemática melhora a memória, a atenção e aumenta outras habilidades cognitivas básicas
  • Por isso, é extremamente importante que seu filho tenha uma boa relação com os números
  • Preparamos 8 dicas que vão ajudar as crianças a lidarem melhor com a matemática

Sabia que o aprendizado de matemática promove a memória, melhora a atenção e aumenta outras habilidades cognitivas básicas? Mas vá com calma, não adianta tentar usar cartões e planilhas, isso pode acabar com o interesse natural do seu filho no assunto. Em vez disso, use atividades lúdicas para ajudá-lo a desenvolver uma base no entendimento do assunto.

-Publicidade-

Conceitos numéricos:

  • Conte objetos em contextos cotidianos: conte o número de botões na camisa do seu filho ao abotoá-los, a quantidade de laranjas que ele ajuda a colocar na sacola do supermercado, os garfos necessários para arrumar a mesa ou o número de escadas que você vai subir. Comece com quantidades pequenas (não mais do que cinco) e adicione alguns conforme o tempo.
  • Coloque pequenos objetos em uma fileira: reúna algumas moedas e peça ao seu filho para contá-las. Depois que ele tiver contado, reorganize-as em um círculo, em fila ou espalhe-as e peça novamente para que ele conte novamente.
  • Encontre objetos que combinem: se o seu filho tiver dificuldades com a correspondência de um para um, encontre objetos que combinem bem, como colheres e garfos, xícaras e pires e peça a ele para juntá-los.
  • Jogue jogos de tabuleiro que envolvam a contagem: jogos simples são ótimos para ajudar as crianças a reconhecer números em um dado e contar movimentos.
Veja dicas práticas para ensinar matemática para o seu filho (Foto: Getty Images)

Geometria e compreensão espacial:

  • Identifique formas em sua casa: faça um jogo simples de encontrar formas básicas ao redor da casa. Como, por exemplo, retângulos em interruptores de luz, quadrados em vidraças, círculos em relógios e assim por diante. Peça para que ele te explique como faz para diferenciar cada forma pelas suas características definidoras e não definidoras.
  • Fale sobre o posicionamento das fotos em um livro: ao ler uma história, use a linguagem espacial para falar sobre o posicionamento das imagens. Faça perguntas relacionadas como: “Onde está a lua? Está em cima da árvore?” ou tamanhos de referência, perguntando: “O hipopótamo é maior que o macaco? Qual animal é maior? Qual animal é menor?”.

Medição:

  • Meça enquanto você cozinha: encha os copos de medida com água ou farinha para apresentar seus filhos ao conceito de números inteiros e frações. Faça perguntas como “Você pode encher meia xícara? Você pode encher uma colher de chá?”
  • Adivinhe o peso das coisas no supermercado: a próxima vez que você for ao supermercado, pegue dois itens diferentes das prateleiras e pergunte ao seu filho qual deles é mais pesado: “É a lata de sopa ou a caixa de bolachas?”.