Bebê com síndrome rara tem ‘cabelo impenteável’ e faz sucesso nas redes sociais

Lock Samples possui 1 ano e 4 meses – e um visual para lá de especial. Para a emissora Fox News, dos EUA, a mãe dele contou como descobriu a síndrome rara do filho e se divertiu com os elogios que recebe nas redes

Resumo da Notícia

  • Bebê com síndrome rara possui 'cabelo impenteável' e acumula milhares de seguidores
  • Lock Samples possui 1 ano e 4 meses - e um visual para lá de especial
  • Para a emissora Fox News, dos EUA, a mãe dele contou como descobriu a síndrome rara do filho e se divertiu com os elogios que recebe nas redes

Um bebê de 1 ano e 4 meses está roubando a cena com um visual para lá de especial. Isso porque Lock Sample possui uma rara condição genética que o deixa com um ‘cabelo impenteável’ e, por isso, está acumulando milhares de seguidores online.

-Publicidade-

A mãe de Lock, Katelyn, admitiu que percebeu que o cabelo do filho caracterizava uma condição genética após uma seguidora comentar na foto do filho. Aos 6 meses, a mãe ainda admitiu que os fios do bebê eram tão rebeldes que nem ao menos conseguiam ser muito molhados.

“Fui até perguntar para a minha mãe se o meu cabelo também era assim”, brincou. “Até que um dia, uma pessoa que eu nem conheço me mandou uma mensagem pelo Instagram, dizendo que meu bebê poderia ter uma condição hereditária rara, conhecida como síndrome do cabelo impenteável”.

Lock possui um 'cabelo impenteável'
Lock possui um ‘cabelo impenteável’ (Foto: Reprodução/ Instagram)

A condição genética afeta uma em cada 100 crianças e causa diferentes texturas e visuais nos fios. Katelyn comentou que os cabelos dos filhos chegam a ter três tipos de cabelos em uma mesma cabeça. “O fio de cabelo tem uma forma de triângulo e é torcido. Cada um dos fios tem esse formato”, explica ela.

No perfil do Instagram, felizmente, são muitos comentários elogiando o cabelo de Lock e os cuidados dos pais com o filho. “Nossa, esse bebê tem o cabelo mais legal!”, já escreveu uma pessoa. “Este visual o deixa ainda mais estiloso”, disse outra. Mesmo assim, eles já lamentaram recados como, “Meu Deus, esse menino acorda todos os dias com um cabelo péssimo”.

Apesar disso, a mãe brinca: “Alguns pais de outras crianças com a síndrome me procurarm para me agradecer por compartilhar a história”, diz ela. “Ficamos muito orgulhosos, realmente achamos legal ter algo que te destaque. Consideramos isso uma benção”. Uau!