Crianças ficam presas em brinquedo do parque Cidade da Criança, em São Bernardo do Campos

Os visitantes estavam dentro do brinquedo denominado por “Tapete”, quando o mesmo apresentou uma falha mecânica enquanto estava a uma altura de seis metros. Imediatamente o Corpo de Bombeiro fez o resgate

Resumo da Notícia

  • Crianças ficaram presas em um brinquedo localizado no parque Cidade da Criança
  • Os visitantes estavam dentro do brinquedo denominado por "Tapete", quando o mesmo apresentou uma falha mecânica enquanto está em uma altura de seis metros
  • O parque de diversão fica localizado em São Bernardo do Campo, região metropolitana de São Paulo

Crianças ficaram presas em um brinquedo, a seis metros de altura, no parque Cidade da Criança, localizado no município de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo – na manhã desta quinta-feira, 23 de junho. Segundo apuração do G1, o Corpo de Bombeiros informou que 20 crianças estavam presas no brinquedo. Porém, de acordo com a Prefeitura de São Bernardo do Campo e o parque de diversão, haviam 10 crianças, entre 10 e 13 anos, no brinquedo.

-Publicidade-

Felizmente, nenhuma das crianças ficaram feridas. Ainda de acordo com o portal jornalístico, a assessoria de imprensa da Cidade da Criança informou que o resgate do visitantes levou cerca de uma hora. As mesmas foram retiradas por uma escada pelos agentes do Corpo de Bombeiros. Além disso, o parque de diversão disse que o brinquedo apresentou uma falha mecânica no momento em questão.

O brinquedo se chama “Tapete”, o mesmo gira em torno de um pêndulo. Na parte mais alta, as crianças ficam a seis metros. A Prefeitura de São Bernardo do Campo declarou ao jornal que equipes estão no local para fiscalizar os procedimentos de remoção. “É importante destacar que o parque é administrado pela empresa Nova Cidade Parques São Bernardo do Campo, que acionou os bombeiros e a Polícia Militar”, disse a administração municipal.

Crianças presas em parque
Crianças presas em no parque Cidade da Criança, em São Paulo (Foto: Reprodução / Parque Cidade das Crianças)

Em nota, a administração do parque Cidade da Criança disse que “o Tapete Mágico (Tapis Volant) entrou em modo de segurança operacional, às 11h05 desta quinta-feira, quando 10 crianças estavam na atração, que tem capacidade para receber 40 pessoas. O procedimento técnico adotado visa à garantia da operação com total segurança e menor risco. O Corpo de Bombeiros foi acionado e, em menos de uma hora, todas as crianças foram retiradas da atração ilesas, sem nenhum ferimento”

“A adoção do ‘modo segurança’ com o travamento da atração obedece aos preceitos técnicos e normativos. Todas as atrações (35) da Cidade da Criança têm manutenção e são submetidas a testes de segurança diários”, finalizou o comunicado.