“Foi um milagre”, conta mãe de criança de 5 anos que sobreviveu após cair em poço de 25 metros de profundidade

Um menino de apenas 5 anos caiu em um poço localizado na área externa de uma pizzaria. Ao todo, foram cerca de 2h de resgate. A criança está bem clinicamente, mas teve ferimento no cotovelo e escoriações pelo corpo

Resumo da Notícia

  • Uma criança de apenas 5 anos caiu em um poço de 25 metros de profundidade. O poço fica na área externa de uma pizzaria em que a família estava
  • Clinicamente o menino está bem, mas ele teve escoriações pelo corpo e ferimento no cotovelo
  • Ao todo, foram cerca de 2h de resgate da criança

Durante a noite do último sábado, 28 de maio, um menino de apenas 5 anos caiu em um poço de aproximadamente 25 metros de profundidade. O caso aconteceu em Santa Rita do Passa Quatro, em São Paulo. Segundo reportagem do g1, o local do acidente é um espaço externo de uma casa antiga, onde atualmente funciona uma pizzaria.

-Publicidade-

Na sequência, o Murilo Georgetto Santos foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros de Porto Ferreira e pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Santa Rita. Com alguns ferimentos pelo corpo e cotovelo fraturado, ele se recupera em casa deste domingo, 29 de maio – 1 dia após o acidente.

Em entrevista concedida ao jornal, a Juliana Aparecida Georgetto Santos, comentou sobre o acontecimento com o filho: “Foi um milagre (…) A gente tem muita fé em Deus, foi proteção mesmo, tenho certeza. Ele está bem, achando que viveu uma aventura. Assustado em alguns momentos. Acho que a gente está pior que ele”, disse a mãe.

O caso aconteceu por volta das 21h de sábado. A Juliana estava com o marido, o filho e alguns familiares em uma pizzaria. De acordo com ela, tinha muitas crianças pelo local, as quais saíram para brincar. “Foi muito rápido. Ele [Murilo] encontrou um amigo de escola no pavimento de baixo. Como a mãe do amigo estava ali também, ele desceu. Os primos acabaram indo junto”, explicou Juliana.

Poço em que a criança caiu
Poço em que a criança caiu (Foto: Reprodução / Serviço de Atendimento Móvel de Urgência)

Segundo informações do técnico de enfermagem do Samu, o Marcos Rodrigues, aa parte externa do local havia um poço seco fechado com uma tampa de madeira que, visualmente, aparentava estar em boas condições. No entanto, estava podre por dentro. A Juliana, mãe de Murilo, disse que a sobrinha passou por cima primeiro. Mas quando foi a vez do garoto, a tampa cedeu.

“Ninguém viu, só minha sobrinha, ela veio avisar. Quase caíram os dois. Ela disse que ele ficou segurando com as mãozinhas um pedaço da madeira antes de cair tudo”, disse Juliana. Ao saber a situação, a mãe da criança não conseguiu chegar perto do local, ficou dentro da pizzaria sendo acalmada por outras pessoas.

Pelo marido, a mãe soube que o Marido permaneceu consciente durante todo o tempo de resgate que, de acordo com ele, durou 2 horas. As pessoas que se aproximaram do poço iam conversando com o Murilo, na tentativa de distraí-lo. “Minha cunhada foi conversar com ele, respondeu que estava bem. Colocou a lanterna nele e falou: faz um joia para a tia. Disse que ele levantou a mãozinha e mexeu”, falou a mãe.

O Corpo de Bombeiros desceu o poço e conseguiu resgatar a criança, que em seguida foi encaminhado ao Santa Casa de Tambaú. Após isso, foi transferido ao hospital particular de São João da Boa Vista, onde fez exames e recebeu alta.