Foto de Príncipe Philip aos 30 anos prova que ele e Príncipe Harry são “clones”

Foi compartilhada uma foto tirada do Duque de Edimburgo há mais de 60 anos em uma capa antiga da revista Paris Match

Resumo da Notícia

  • A semelhança do Príncipe Philip quando ele tinha 30 anos e com o Príncipe Harry chamou a atenção dos internautas
  • Tudo começou quando foi compartilhada a foto tirada há mais de 60 anos em uma capa antiga da revista Paris Match
  • Na imagem o Duque de Edimburgo aparecia sorrindo, com uma espessa barba ruiva

A semelhança do Príncipe Philip quando ele tinha 30 anos e com o Príncipe Harry chamou a atenção dos internautas e viralizou na internet. Tudo começou quando foi compartilhada a foto tirada há mais de 60 anos em uma capa antiga da revista Paris Match, que mostrava o Duque de Edimburgo sorrindo, com uma espessa barba ruiva.

-Publicidade-

O monarca estava nos auge dos 36 anos, assim como está Harry atualmente. O fotógrafo real Chris Jackson notou essa semelhança marcante pela primeira depois de descobrir uma cópia de 1957 da revista francesa, onde Philip usava o traje azul royal do regimento de cavalaria do exército britânico.

“Eu me lembrei hoje desta incrível @parismatch_magazine vintage de 1957 que adquiri alguns anos atrás. Fiquei maravilhado no minuto em que o vi. Sempre me lembra dos pontos de referência históricos e únicos que a fotografia real oferece. A capa apresenta um príncipe Philip incrivelmente suave em turnê com a Rainha”, legendou Jackson a publicação.

O Príncipe Philip jovem é muito parecido com o Príncipe Harry (Foto: Reprodução/ Instagram @chrisjacksongetty @parismatch_magazine)

Apesar de na época as fotos serem em preto e branco e a capa ter sido colorida depois, a cor dos olhos e da barba do mais velho são muito parecidas com a do Príncipe Harry. A revista, por sua vez, foi publicada no mesmo ano em que Philip recebeu o título de Príncipe da esposa, a Rainha Elizabeth II.

Após a perda do marido da Rainha britânica na última sexta-feira, 9 de abril, Harry está na Inglaterra pela primeira vez desde que deixou a família real e os títulos da realeza no ano passado.