Homem reencontra mãe 30 anos após ser sequestrado graças a desenho que fez da vila onde morava

Li Jingwei foi sequestrado por um vizinho e vendido para um grupo de tráfico de crianças quando tinha apenas 4 anos. 3 décadas depois, ele finalmente encontrou sua mãe

Resumo da Notícia

  • Um homem reencontrou sua mãe 30 anos após ter sido sequestrado
  • O reencontro aconteceu graças ao desenho que ele fez de memória da vila onde ele morava
  • Mãe e filho se encontraram pela primeira vez em 3 décadas no último sábado, 1 de janeiro

Sequestrado há mais de 30 anos quando tinha apenas 4 anos, um homem chinês chamado Li Jingwei conseguiu reencontrar a mãe biológica após desenhar o mapa da vila onde vivia com base em suas lembranças do lugar.

-Publicidade-

Ele foi sequestrado perto da cidade de Zhaotong, localizado no sudoeste da província de Yunnan em 1989 por um vizinho, que o atraiu para fora de casa e o vendeu para uma quadrilha de tráfico de crianças. Mais tarde, ele foi parar em uma família que vivia há quase 2 mil quilômetros de distância.

Em 24 de dezembro de 2021, Li Jingwei compartilhou em suas redes sociais um mapa que ele mesmo desenhou à mão e de cabeça de sua antiga vila. Após viralizar na internet, ele chegou até a polícia, que comparou a ilustração com uma pequena vila da China.

Homem reencontra mãe 30 anos após ser sequestrado e vendido por vizinho
Homem reencontra mãe 30 anos após ser sequestrado e vendido por vizinho (Foto: Reprodução Douyin / BBC / G1)

Logo em seguida, o desenho da vila foi associada a uma mulher cujo tinha o filho desaparecido havia três décadas. Li Jingwei e ela, então, fizeram testes de DNA que comprovaram que eles eram da mesma família. Após longos anos de espera, eles finalmente puderam se ver.

O reencontro aconteceu na província de Yunnan no último sábado, 1º de janeiro de 2022. “Trinta e três anos de espera, incontáveis ​​noites de saudade e, finalmente, um mapa desenhado à mão de memória: este é o momento perfeito depois de 13 dias”, ele Li em seu perfil em Douyin, momentos antes de reencontrar a mãe. “Obrigado a todos que me ajudaram a reunir a minha família.