Jovem larga emprego e faculdade para cuidar da avó com Alzheimer em tempo integral

Fernando conta que a relação de parceria que possuía com Dona Nilva o levou a abrir mão dos próprios sonhos para cuidar dela por tempo integral

Resumo da Notícia

  • Um jovem contou que abriu mão do emprego e da faculdade para cuidar da avó com Alzheimer em tempo integral
  • A história contada fala de Fernando e Dona Nilva, que sempre tiveram uma relação muito próxima
  • O rapaz já lançou vários livros em que trata o Alzheimer como forma de ajudar outras famílias que sofrem do mesmo mal

Fernando contou em entrevista ao portal Razões para Acreditar sobre a sua relação com  Dona Nilva Aguzzoli. Isso porque, mesmo tão novo, o jovem relatou que abriu mão da faculdade e do emprego para ser cuidador da avó em tempo integral.

-Publicidade-

O Alzheimer é uma doença neurodegenerativa que afeta funções cognitivas, tal como a memória. A realidade do diagnóstico é bem séria e Fernando, diante da situação, não viu outra alternativa senão se dedicar à alguém que o amou tanto. Sobre o dia a dia com a avó, desabafou: “Tinha dias que ela me chamava de pai, e outros que ela nem me reconhecia”. Em meio a estudos sobre o caso, o jovem aprendeu que as famílias muitas vezes sofrem mais que os diagnosticados, por causa de doenças patológicas como a depressão. E, nessa perspectiva, ainda contou que a culpa de discussões passadas era muito presente no cuidado com a avó.

Sobre o cuidado, ele ainda destacou: “Foi a cura de erros que eu chamo de benevolentes. A gente tem a intenção de acertar, mas encontra uma barreira gigantesca, que são as emoções e a reserva de afeto”. Atualmente, o jovem se dedica a pesquisar novas ideias para preservar a dignidade da pessoa com Alzheimer através de específicos cuidados.

Contudo, Fernando acredita que essa é uma trajetória que merece ser olhada com carinho, “Você vai ser um cuidador amanhã melhor do que é hoje. Isso vai ser um processo constante até o último dia.”, ele conta em seu livro Alzheimer Não É O Fim – no qual ajuda outras famílias a lidar com o diagnóstico da doença a partir da própria experiência.

A carreira de escritor

Infelizmente, Dona Nilva faleceu antes que pudesse assistir de perto o sucesso do neto. Isso porque a outra obra de Fernando, entitulada Quem Eu?, na qual ele conta histórias vividas ao lado da avó, não ficou pronta a tempo.

“Se tem um arrependimento nessa experiência toda, foi não ter começado antes. Começamos a escrever o livro juntos. Eu não ia mais lançar o livro. Não tinha mais intenção”, desabafou. Contudo, foi a partir de um relato de um amigo médico, no qual entendeu a importância da publicação para o auxílio de mais pessoas com Alzheimer, que Fernando não desistiu do trabalho.

Fernando conta que o processo de cuidado é difícil e necessário (Foto: Arquivo Pessoal/ Razões Para Acreditar)

Atualmente, o rapaz se dedica não só às obras publicadas, mas também à palestras em escolas públicas e à empresa que se responsabiliza por criar soluções com impacto positivo para pacientes e familiares de pessoas com Alzheimer. A dedicação a esse trabalho e ao futuro de outras pessoas com o diagnóstico da avó curaram a depressão de Fernando e hoje são combustível para uma vida de homenagem à avó.

11º Seminário Internacional Pais&Filhos – A Sua Realidade

Está chegando! O 11º Seminário Internacional Pais&Filhos vai acontecer no dia 1 de junho, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar dos sorteios e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!