Juliane Araújo presta homenagem à mãe que faleceu de Covid-19: “Aonde quer que eu esteja você está”

Na última quinta-feira, 7 de janeiro, a mãe da atriz faleceu após complicações da Covid-19

Resumo da Notícia

  • Na última quinta-feira, 7 de janeiro, a mãe da atriz Juliane Araújo faleceu após complicações da Covid-19
  • A mulher estava internada no Hospital das Clínicas em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro
  • A famosa publicou homenagem à matriarca nas redes sociais

Na última quinta-feira, 7 de janeiro, a mãe da atriz Juliane Araújo faleceu após complicações da Covid-19. A mulher estava internada no Hospital das Clínicas em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. A famosa publicou homenagem à matriarca nas redes sociais.

-Publicidade-

“oi mãe, os cientistas sempre buscaram a explicação para o começo do mundo e são algumas várias muitas teorias:  tem o Big Bang,  a Gravidade quântica em loop, a teoria M, o universo oscilante… mas o começo do mundo de uma filha é no corpo de uma mulher”, começou Juliane ao compartilhar fotos em homenagem à Júlia.

Ela fez homenagem sensível à mãe (Foto: Reprodução/ Instagram)

“num espaço miúdo, especificamente na barriga. acho doido essa vontade de ser habitada, de dividir tudo com outro ser. o nascimento de uma mãe é o começo do mundo para uma filha. já percebeu que a palavra mãe é muito semelhante em todas as línguas ? acho isso também bem doido, deve ter um motivo bem espiritual. o que eu quero dizer, mãe, é que um mundo nunca morre o mundo sempre renasce em si.
sempre emerge uma parte, submerge outra,  se faz terra seca inundada de vida”, continuou ela.

-Publicidade-
A mulher faleceu na última quinta-feira, 7 de janeiro (Foto: Reprodução/ Instagram)
A mulher faleceu na última quinta-feira, 7 de janeiro (Foto: Reprodução/ Instagram)

“o meu mundo hoje não morre com sua partida, ele continua intacto. pq aonde quer que eu esteja
vc está e quando eu decidir ser mundo também pra outro alguém vc também estará. sempre e sempre
minha MÃE. viva você Júlia! viva sua força, coragem e existência! viva nosso sangue que inunda, percorre
e dá a vida!”, concluiu a atriz.

-Publicidade-