Livro conta qual membro da realeza fez comentário sobre tom de pele do filho de Harry e Meghan

O comentário racista veio a público em março, após uma entrevista de Meghan Markle e Harry feita para Oprah. Agora, um livro revela quem foi o membro da família real que questionou a cor da pele de Archie

Resumo da Notícia

  • Um livro revela quem foi o membro da família real que questionou a cor da pele de Archie
  • O comentário racista veio a público em março, após uma entrevista de Meghan Markle e Harry feita para Oprah
  • O livro 'Brothers and Wives', escrito Christopher Andersen, traz uma fonte próxima à família real falando sobre o assunto

Após a polêmica entrevista que Meghan Markle e príncipe Harry deram para Oprah e afirmaram que o tom de pele de Archie poderia ser uma questão para a família real, um novo livro sobre a realeza aponta que quem teria dito a frase racista foi príncipe Charles.

-Publicidade-

O livro ‘Brothers and Wives’, escrito Christopher Andersen, traz uma fonte que afirma que o questionamento sobre o tom de pele de Archie foi feito por Charles enquanto ele conversava com a esposa, Camilla, no dia em que o noivado de Harry e Meghan foi anunciado, em 27 de novembro de 2017.

“Eu me pergunto como serão as crianças?”, perguntou Charles, de acordo a fonte. “Absolutamente lindas. Tenho certeza”, disse Camilla, surpresa com o questionamento. “Quero dizer, o que você acha que pode ser o tom de pele de seus filhos?”, perguntou novamente Charles, revelou o site PageSix.

Meghan e Harry são pais de Lilibet e Archie
Livro sobre família real diz que príncipe Charles fez comentário sobre tom de pele de Archie (Foto: Getty Images)

Após saber do que a fonte do livro dizia, o porta-voz de Charles negou que aquela conversa tenha acontecido e chamou as acusações de ficção. Já os porta-vozes de Meghan e Harry se recusaram a fazer comentários sobre o livro.

O mistério sobre quem teria dito a frase racista sobre o filho de Meghan e Harry ainda permanece. O assunto veio à tona em março, durante a entrevista com Oprah, quando a mãe de dois falou sobre um “membro sênior da realeza”. “Existiram preocupações e conversas sobre quão escura seria a pele quando ele (Archie, primeiro filho do casal) nascesse. Essas foram conversas que a família teve com Harry”,

O livro de Anderson diz que a dúvida de Charles foi vista como algo natural (e não problemático) pelos membros da família real e assessores antes de virar algo mais sério, quando Harry decidiu debater o assunto com o pai. Em resposta ao filho, o príncipe disse que ele estava “sendo excessivamente sensível sobre a questão”.