Madeleine McCann: investigações têm data marcada para acabar sem julgamento do suspeito principal

Há 11 anos, os pais de Madeleine McCann iniciaram uma investigação procurando pelo paradeiro da filha, que está desaparecida há quase 15 anos

Resumo da Notícia

  • As investigações do caso Madeleine McCann serão encerradas
  • O principal suspeito, porém, não será julgado
  • As buscas pela menina começaram há 11 anos

Quase 15 anos após o desaparecimento de Madeleine McCann e 11 de buscas incessantes, as investigações estão agora próximas de um fim e devem ser encerradas mais tarde ainda neste ano. Apesar disso, o principal suspeito do crime pode não ser preso.

-Publicidade-

Uma fonte em entrevista exclusiva ao The Sun contou que Christian B, suspeito de ter raptado Madeleine, tem poucas chances de ser acusado de verdade. Isso porque os policiais acreditam que não há provas o suficiente contra ele.

As investigações serão encerradas em setembro após 11 anos de buscas
As investigações serão encerradas em setembro após 11 anos de buscas (Foto: reprodução / The Sun)

Apesar de estar próximo do fim – segundo a fonte, as investigações devem ser encerradas até o outono no hemisfério norte – ainda é possível que o caso seja reaberto caso surjam pistas mais concentras para dar continuidade ao processo.

O financiamento do processo aberto vale até o final do mês de março. Entretanto, uma nova doação estendeu o prazo de encerramento das investigações para setembro. Ao todo, foram 13 milhões de libras investidos nos 11 últimos anos, equivalentes a mais de R$86 milhões.