Mãe dá à luz gêmeas aos 50 anos após lutar durante anos contra anorexia

Christine Forshaw lutou contra transtorno alimentar por 20 anos e foi presenteada à duas filhas, Emily e Grace

Resumo da Notícia

  • Mulher que lutou contra anorexia por 20 anos dá à luz gêmeas aos 50 anos
  • A gravidez ocorreu através de Fertilização In Vitro (FIV)
  • Médicos diziam que ela teria dificuldades para engravidar

Christine Forshaw, de 50 anos, de Epsom, na Inglaterra, realizou o sonho de ser mãe dando à luz a gêmeas após lutar por mais de 20 anos contra a anorexia. Durante esse período desafiador, ela chegou a perder cerca de 25 quilos, afetando sua menstruação. Devido a isso, os médicos afirmaram que a mulher poderia ter dificuldades para engravidar. No entanto, ela foi surpreendida ao ter duas meninas.

-Publicidade-

O transtorno alimentar começou quando Christine ainda era jovem, após ser questionada se ela era a mais gorda da família. Isso abalou seu emocionando, permitindo com que ela entrasse em uma dieta rigorosa e pular refeições. Ela ficou tão magra que precisou usar de tamanho infantil. No entanto, sua saúde melhorou aos 29 anos, quando casou. No entanto, após 10 meses, se separou do marido. E devido ao momento difícil, iniciou o desejo de ser mãe.

Mãe dá à luz gêmeas aos 50 anos após vencer anorexia
Mãe dá à luz gêmeas aos 50 anos após vencer anorexia (Foto: Reprodução / Daily Mail)

Aos 46, ela decidiu realizar o processo de fertilização in vitro (FIV), em 2017. Ela chegou a pagar mais de R$ 2 mil reais para manter os gametas congelados. Mas, por conta das condições de saúde, o procedimento para engravidar se tornou mais difícil do que imaginava.

Após quatro tentativas ela conseguiu engravidar. E até então, ela já estava pesando 50 quilos. “Enquanto o médico me examinava, eu disse a ele: ‘ah, você vai me dizer que vou ter gêmeos, não vai?’ Quando ele disse ‘sim’, eu caí da cama”, disse ela ao Daily Mail.

Devido a gravidez de alto risco, ela manteve em segredo por 26 semanas, contando apenas para uma amiga. Em 36 semanas de gestação, as crianças nasceram por meio de uma cirurgia cesariana. Emily e Grace vieram ao mundo no dia 30 de abril deste ano e vivem saudáveis ao lado da mãe, Christine.