Mãe diz que filho com autismo não come mais nada após salgadinho preferido sair de linha

Os pais estão enfrentando uma corrida contra o tempo para encontrar salgadinhos de “Smoky Bacon Walkers” para o filho autista que se recusa a comer qualquer outra coisa

Resumo da Notícia

  • Sarah contou que o filho com autismo sempre comia as batatas chips "Smoky Bacon" da marca Walkers
  • Após a produção parar de fabricar esse sabor o menino entrou em greve de fome
  • A mãe está desesperada tentando encontrar o que resta da batata pela cidade

Connor Lewis, 14, só come o lanche favorito, mas a falta deixou os pais Sarah e Jason desesperados. As lojas têm sofrido uma escassez em massa de batatas chips “Walkers” nas últimas semanas, após problemas que afetaram a produção. Isso significa que os clientes encontraram prateleiras vazias onde deveriam estar os sabores favoritos.

-Publicidade-

Este tem sido um problema particularmente grande para Connor, que tem uma dieta altamente restritiva, comendo apenas alimentos familiares de uma certa textura e sabor. Os pais, Sarah e Jason, dizem que tiveram dificuldades sem o favorito de Connor, “Smoky Bacon”.

Sarah, de 45 anos, disse: “Esse sabor de batata é a comida principal dele. Por causa de seu autismo severo e dificuldades de aprendizagem, sua dieta é realmente limitada, mas como essas carências são simplesmente inexistentes.” Ela acrescentou que é extremamente difícil explicar a Connor porque as batatas chips não estão disponíveis no momento.

Segundo os proprietários da “Walkers”, da PepsiCo, a produção pode ser afetada até o final do mês, mas para Connor, já foi “muito longo”. A mãe disse que por não ter comido as batatas chips, Connor tem se recusado a comer qualquer coisa. A família mora em Enderby, Leicestershire, e agora está procurando desesperadamente por um sabor específico, viajando para diferentes lojas para ver o que há em estoque.

Sarah disse que o menino não come nada agora
Sarah disse que o menino não come nada agora (Foto: Reprodução/The Sun)

Sarah disse: “Estamos no fim de nossas amarras. Meu marido tem subido e descido a rodovia para verificar os postos de gasolina.” A medicação regular de Connor também está sendo afetada, já que os pais geralmente disfarçam no suco que ele bebe ao lado de um pacote de salgadinhos “Smoky Bacon”.

O salgadinho é atualmente uma das linhas indisponíveis como os sabores mais populares com prioridade na produção, incluindo Queijo e Cebola, Salgado Pronto e Sal e Vinagre. A família até pediu ao irmão apresentador de rádio de Sarah para pedir ajuda para encontrar batatas chips.

Sarah disse: “Está tendo um impacto em sua saúde mental porque ele simplesmente não entende por que seu alimento principal não está lá.” Sarah acrescentou: “Conseguimos uma caixa de batatas chips de alguém de Lancashire, mas, fora isso, não tivemos sorte.”

O casal está apelando para a PepsiCo para conseguir os salgadinhos. Eles também já foram encaminhados a uma nutricionista para uma consulta no próximo mês, mas Sarah diz que é “muito tempo para esperar por uma criança que não come”.