Mãe morre de coronavírus 24 horas após se despedir da filha em foto fortíssima na UTI

Um dia após os médicos fazerem o último registro das duas juntas em vida, Maria acabou não resistindo às complicações da doença

Resumo da Notícia

  • Anabel Sharma e a mãe ficaram internadas no mesmo quarto de UTI
  • A foto viralizou comoveu o mundo inteiro
  • A mulher fez um desabafo sobre o que aconteceu

Anabel Sharma, de 49 anos, emocionou o mundo ao compartilhar a última foto ao lado da mãe, Maria Rico, de 76 anos, na qual ambas aparecem lado a lado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por conta da Covid-19. Depois de 24 horas após o registro, no dia 1º de novembro, Maria acabou não resistindo.

-Publicidade-
Anabel está em casa, mas respirando com a ajuda de oxigênio (Foto: Anabel Sharma)

A família contraiu a doença quando um dos filhos de Anabel, Isaac, de 12 anos, teve o resultado positivo ao voltar para a escola em setembro. Alguns dias depois, a mulher, o marido, os outros dois filhos, Jacob, de 22 anos, e Noah, 10 anos, e Maria, ficaram doentes.

Segundo informações do tabloide britânico The Sun, após o resultado positivo mãe e filha foram levadas para a enfermaria Leicester Royal e em outubro, passaram a usar respiradores mecânicos. No hospital, elas estavam a camas de distância uma da outra. Com a piora do estado de saúde da mãe, Anabel foi levado para a cama ao lado e pediu que os profissionais tirassem uma foto.

-Publicidade-

Na página do Facebook “Humans of Covid-19”, Anabel fez um desabafo. “Mamãe estava tentando falar [após retirarem a máscara]. Tudo o que ouvi [foi] ‘cremação’ e ‘pronta para morrer’. Eu estava chorando, mas mamãe foi tão corajosa. Pedi aos médicos que tirassem esta foto. Então eles levaram mamãe de volta”.

Mãe e filha ficaram lado a lado na UTI (Foto: Anabel Sharma)

Um dia após a foto, Maria acabou não resistindo à doença. Um mês depois, Anabel deixou o hospital mas ainda está com os pulmões gravemente afetados e precisa usar oxigênio. “A velocidade que a covid devastou nossa família foi assustadora. Qualquer um pode obtê-la e é roleta se você sobreviverá. Se alguém está pensando em quebrar as regras, peço que se coloquem no meu lugar e pensem como seria ver sua mãe morrer, ou ouvir que você pode não viver”, disse a mulher em entrevista ao Mirror.

Durante a conversa, Anabel destacou ainda que sempre cumpriu as medidas de segurança e distanciamento, porque a mãe morava com ela e a família. Na rotina, ela disse que pedia comida e só saia de casa para levar o filho à escola. “Nunca pensei que covid fosse nos bater — mas bateu”, concluiu.