App amplia serviço de apoio e orientação às mulheres

O botão, disponível no SuperApp da companhia desde 2019, passará a ter uma nova função, que direciona ao projeto Justiceiras

Resumo da Notícia

  • Magalu amplia serviço para oferecer apoio e orientação às mulheres
  • O botão passará a ter uma nova função, que direciona ao projeto Justiceiras
  • A possibilidade de pedir ajuda por meio do app existe desde 2019

O Magalu ampliou uma das ferramentas disponíveis no App para ajudar mulheres em ambientes ruins. O botão, disponível no SuperApp da companhia desde 2019, passará a ter uma nova função, que direciona ao projeto Justiceiras. Esta plataforma oferece um serviço multidisciplinar de acolhimento e apoio e atende em até 24h.

-Publicidade-
Magalu amplia serviço para oferecer apoio e orientação às mulheres (Foto: Getty Images)

Há dois anos, o superaplicativo já conta um botão, que permite acesso direto ao Ligue 180 e, desde 2020, via chat, ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, recebendo os chamados online. A nova funcionalidade encaminha a pessoa a um formulário de assistência com algumas perguntas. Lá, é preciso preencher informações, mantidas em total sigilo, que irão guiar os atendimentos de acordo com cada caso.

A plataforma Justiceiras foi criada em março de 2020 e já atendeu mais de 4 mil mulheres de todo o Brasil. O projeto conta com voluntárias nas áreas de direito, psicologia, assistência social, medicina e uma rede de apoio capacitada para atender virtualmente diversas situações. O Justiceiras possibilita  orientação para que mulheres realizem, quando desejarem, o boletim de ocorrência online ou presencial, ou peçam medidas protetivas. Também é uma rede de acolhimento para informar, fortalecer e encorajar meninas e mulheres.

-Publicidade-

A campanha começa nesta segunda-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, e também conta com uma ação por meio das redes sociais. Com o intuito de conscientizar, a ação #NemLoucaNemSozinha irá mostrar comportamentos, frases e atitudes que podem configurar problemas psicológicos, mas que muitas vezes são imperceptíveis para pessoas próximas.

A iniciativa, com foco nas ações de prevenção, foi desenvolvida em parceria com a agência Ogilvy. “Enxergamos uma oportunidade de dar visibilidade para aquilo que, nem sempre é tão visível no relacionamento: as marcas psicológicas. O objetivo é ampliar a consciência das mulheres e trazer a área de suporte psicológico do SuperApp como solução”, finaliza Isadora Prado, gerente de planejamento da Ogilvy Brasil.