Marinha vai investigar queda de estrutura rochosa em Capitólio, MG

O acidente aconteceu neste último sábado, 8 de janeiro, e atingiu ao menos três lanchas

Resumo da Notícia

  • Uma rocha desabou e atingiu lanchas com turistas no Capitólio, no Sul de Minas Gerais
  • O acidente deixou ao menos 32 feridos, segundo o Corpo de Bombeiros
  • A Marinha informou que irá enviar equipes de busca e investigação ao local

Nesta último sábado, 8 de janeiro, uma parte da estrutura rochosa dos cânions de Capitólio, no Sul de Minas Gerais, desabou e atingiu ao menos três lanchas e cinco mortes, até o momento.

-Publicidade-

A Marinha afirmou, em nota, que a Delegacia Fluvial de Furnas, enviou equipes de busca ao local para prestar socorro Às vítimas.

“A Marinha do Brasil informa que tomou conhecimento de um acidente, no fim da manhã de hoje, após deslizamento de rochedo atingir embarcações que navegavam a região dos cânions, em Capitólio-MG.

(Foto: Reprodução/Redes sociais)

“A Del Furnas deslocou, imediatamente, equipes de Busca e Salvamento (SAR) para o local, integrantes da Operação Verão ora em andamento, a fim de prestar o apoio necessário às tripulações envolvidas no acidente, no transporte de feridos para a Santa Casa de Capitólio, e no auxílio aos outros órgãos atuando no local. Um inquérito será instaurado para apurar causas, circunstâncias do acidente/fato ocorrido”, afirmou a nota.

Um vídeo impressionante mostra o momento exato em que a rocha se solta e despenca sobre as embarcações que estavam na água.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o acidente teria relação com uma tromba d’água e que três lanchas teriam sido atingidas. De acordo com a CNN, o tenente Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros de MG, disse ainda que há entre quinze e vinte pessoas diretamente afetadas pelo incidente.