Menino que sobreviveu ao ataque à escola em Suzano perde a vida após tentar salvar gata

Rosnei Marcelo Grotewold Júnior não resistiu ao sofrer um choque elétrico por encostar em uma fiação quando buscava o animal no telhado do vizinho

Resumo da Notícia

  • Rosnei Júnior não resistiu após ter um choque elétrico
  • O homem de 18 anos, que sobreviveu a tragédia de Suzano, tentava buscar a gata da família
  • O pai do menino, explicou a situação

Rosnei Marcelo Grotewold Júnior foi um dos sobreviventes da tragédia de Suzano em 2019, em que um ex-aluno entrou atirando na escola Raul Brasil e deixou 10 mortos, incluindo estudantes e funcionários.

-Publicidade-

Rosnei, porém, perdeu a vida aos 18 anos de idade, na última terça-feira, 15 de fevereiro em Poá ao tentar salvar a gata da família e sofrer um choque elétrico. Segundo os familiares, o homem subiu no telhado do vizinho para resgatar a gata quando supostamente encostou na fiação elétrica.

Um menino que havia sobrevivido a tragédia de Suzano não resistiu ao sofrer um choque elétrico
Um menino que havia sobrevivido a tragédia de Suzano não resistiu ao sofrer um choque elétrico (Foto: reprodução/Arquivo Pessoal/UOL)

De acordo com o pai do menino, Sergio Luciano, na tragédia de Suzano, o filho teria ficado na mira de um atirador que invadiu a escola, mas conseguiu se salvar, porque acabou a munição dele. Após o falecimento, o pai declarou ao UOL: “Estamos sendo fortalecidos por Deus”.

A gata sobreviveu e estão sendo realizadas investigações para confirmar a causa da morte de Rosnei. O corpo dele foi sepultado na última quinta-feira, 16 de fevereiro.