“Minha cunhada não nos deixa dizer não para sua filha, mesmo que esteja fazendo birra”

Uma mãe compartilhou suas frustrações por sua cunhada não permitir que ela dissesse não ao filho de três anos

Resumo da Notícia

  • Uma mãe compartilhou suas frustrações por sua cunhada não permitir que ela dissesse não ao filho de três anos;
  • A menina sempre deseja fazer o que quer com a prima de 4 meses;
  • Os usuários defenderam o pensamento da mãe

Cada família tem seus próprios métodos e regras para educar os filhos. No entanto, pode ser complicado quando os familiares ou entes queridos não concordam. Em um fórum online, uma mãe comentou que sua cunhada não permite que ela ou o marido digam ‘não’ à sobrinha de três anos.

-Publicidade-

No Mumsnet, a mulher anônima contou que há quatro meses ela teve seu próprio bebê e percebeu que a sobrinha tentava interferir em momentos inadequados, e quando eles tentam repreendê-la, isso gera problemas com a cunhada.

“Quando a levamos em um vento de família pela primeira vez depois, minha cunhada deu uma mamadeira para nossa sobrinha alimentar minha filha. Ela não perguntou se poderia fazer aquilo e depois riu porque obviamente a criança não conseguia dar a mamadeira corretamente e ela não se importou em ensina-la”, desabafou a mãe.

A mãe explicou que não pode dizer 'não' a sobrinha pois sua mãe permite que a filha faça tudo o que deseja
A mãe explicou que não pode dizer ‘não’ a sobrinha pois sua mãe permite que a filha faça tudo o que deseja (Foto: Getty Images)

Desde então, a mulher comentou que ela ou o marido a alimentam longe da sobrinha, mas sim, a garota faz birra e insiste para acompanhar a amamentação. Além disso, a criança sempre pede para ajudar a trocar o bebê e segurá-lo, mas recentemente ela quase deixou a prima cair enquanto a segurava colo.

“Eu sei que ela tem apenas três anos, então ela não tem idade suficiente para fazer as coisas corretamente, mas não temos permissão para dizer não a ela. Ela pega todos os brinquedos e chupetas da filha da nossa bolsa e os segura pelo bico, ou mastiga seus brinquedos de dentição e se eles nos visitam ela move todas as suas coisas (as mamadeiras desinfetadas ou as coisas do meu cantinho de amamentação) ou vai para o quarto da filha e joga todos os brinquedos no chão e remexe em todas as suas roupas sem pedir”, lamentou.

Ela acrescenta que sua cunhada disse ao marido que ele é muito “duro” com a sobrinha e que deveria deixá-la fazer “o que ela quer”, mas a mãe acredita que ela deveria ter uma palavra a dizer quando se trata de seu próprio filho. Os pais, no entanto, acreditam que a menina precisa de limites.

Reações

Usuários do Mumsnet defenderam a mãe e seu relato, concordando que a garota precisava de alguns limites. “Apenas diga não! O que vai acontecer se você fizer isso? Eles ficam ofendidos e visitam menos? Você se importaria?”

Uma pessoa comentou: “Bobagem dizer que você ‘não tem permissão’ para dizer não a todas essas coisas. Ela pode ser filha de outra pessoa, mas seu bebê são suas regras. Se ela tentar pegar a mamadeira, você apenas diga não e a mova mão, quantas vezes for preciso. Se ela pegar os brinquedos, você os pega de volta e diz que não, esses brinquedos são para o bebê e assim por diante. E daí se ela tiver uma birra? Todas as crianças precisam aprender limites, ela pode não consegui-los de seus pais, mas ela ainda pode obtê-los de você.”