Motorista de aplicativo se comove e não cobra viagem de mãe levando bebê com 39 graus de febre

Juliano da Silva Prates levou e esperou a mãe solo no hospital para depois levá-la para casa. Ele, que é pai, explicou o motivo da decisão

Resumo da Notícia

  • Um motorista de aplicativo decidiu não cobrar o valor da viagem de uma passageira
  • Isso porque a mulher estava desesperada com um bebê no colo, que tinha 39 graus de febre
  • Além de levá-la ao hospital, Juliano ainda esperou no local e levou até em casa

Juliano da Silva Prates decidiu não cobrar a corrida como motorista de uma mulher e o motivo foi mais do que especial. A passageira precisou recorrer ao aplicativo para levar o filho bebê ao Hospital, já que a criança estava ardendo de febre.

-Publicidade-
Um motorista optou por não cobrar o valor da corrida de uma passageira, ao ver o quanto ela precisava de ajuda para levar o filho ao hospital (Foto: Freepik)

O pedido da corrida veio já no período da noite e o homem se sensibilizou ao encontrar a mãe solo esperando por ele. Visivelmente abalada, a mulher comentou que o filho estava com 39 graus de febre e havia risco de convulsionar.

Juliano não teve dúvidas em atender o socorro. “Aquilo me comoveu. Eu tenho um filho de 9 anos e uma bebezinha de 1 ano. Naquela época, minha esposa estava grávida. Pensei como pai”, disse em entrevista ao Razões Para Acreditar.

Mesmo tendo recusado o valor, o motorista disse que estava passando por uma situação financeira complicada, recorrendo ao dinheiro emprestado do pai, mas fez questão de tomar a atitude. A mãe do bebê também suspeitava que ele poderia ter contraído Covid-19.

Um motorista de aplicativo não teve dúvidas em atender uma mãe solo ao ter o filho bebê com febre
Um motorista de aplicativo não teve dúvidas em atender uma mãe solo ao ter o filho bebê com febre (Foto: reprodução/Razões Para Acreditar)

Depois da boa ação, ele lembra que não conteve as lágrimas. “Como existem pessoas ruins, né? Que abandonam mulher com filho e tudo. Agradeci a Deus por ter colocado aquela mulher no meu caminho e ter servido a ela”.