Mulher de 75 anos ainda guarda ovo de Páscoa que ganhou aos 13: “Muito bonito para comer”

Hillion Fern ganhou um ovo de Páscoa de seu pai, o Aubrey Dauman, em 1960. No entanto, por achar o ovo muito bonito e decorado, ficou com receio de comê-lo. Desde então, mantêm a tradição de guardá-lo com grande carinho

Resumo da Notícia

  • A idosa de 75 anos ganhou o ovo de Páscoa quando tinha apenas 13 anos. Agora, o doce está guardado há mais de 60 anos
  • Ela ficou com receio de comer por achar o ovo de Páscoa muito bonito e decorado
  • Hoje, ela mantêm a tradição de guardá-lo e vê o doce como parte de sua família

Há quem guarde determinados objetos por conta de seu grande valor afetivo. No entanto, sabia que uma mulher de 75 anos ainda guarda o ovo de Páscoa que ganhou aos 13 anos? Pois é, a Hillion Fern ganhou o ovo de chocolate de seu pai, o Aubrey Dauman, enquanto ela ainda era uma adolescente. Na época, o doce foi comprado em uma loja chamada “Sharps”, o qual foi escolhido por ser extremamente decorado com glacê amarelo, caramelo e chocolate. Segundo a idosa, ela mantêm o ovo de Páscoa intacto há 62 anos, pois ele é “muito bonito para comer”.

-Publicidade-

Hillion, que já é bisavó, gasta cerca de 80 € por mês (equivalente a R$ 500,00) em uma espécie de recipiente de armazenamento fresco, que possibilita que o chocolate não se derreta. A mulher ainda disse que se recorda plenamente do momento que ganhou o doce, foi em plena Páscoa de 1960. No momento, o ovo encontra-se armazenado na cidade onde ela morava, em Warwickshire, Inglaterra.

Em entrevista ao jornal The Mirror, ela disse: “Ainda me lembro do dia que recebi. Era simplesmente tão bonito que eu não queria comer. Pensei comigo mesma: ‘Vou mantê-lo até o Dia Santo de Pentecostes’, mas nunca comi. E então pensei: ‘Ah, vou mantê-lo até o Natal’. E então o Natal chegou e eu não abri. Tornou-se um desafio depois disso ver quanto tempo eu poderia aguentar”.

Idosa guarda ovo de Páscoa há mais de 60 anos
A idosa guarda o ovo de Páscoa desde que ganhou ele no ano de 1960 (Foto: Reprodução/The Mirror)

Hillion, que guarda o seu precioso ovo de Páscoa há mais de 60 anos, se sente vitoriosa em ter resistido há tanto tempo em comer o chocolate. Afinal, segundo a mulher, ele aparenta ser bem delicioso. “Estou bastante impressionada com a minha força de vontade, porque sempre amei chocolate. Havia algo especial sobre esse ovo e depois de um tempo, tornou-se precioso demais para comer. Tenho certeza que já é um campeão mundial. Já ouvi falar de ovos de Páscoa antigos, mas nunca embrulhados. Estou confiante que este é um recorde. Para proteger o ovo do derretimento, pago para que ele fique armazenado”

Em complemento, ela falou: “Pode parecer bobagem, mas quero ter certeza de que permanece em perfeitas condições. Ele fica em Warwickshire, mas me mudei para ficar mais perto de minha filha no País de Gales, mas quando morava perto, ia vê-lo ocasionalmente”.

“Os narcisos de açúcar costumavam ser amarelos brilhantes, mas agora estão ficando um pouco marrons, mas o ovo ainda está intacto e todos os chocolates e caramelos ainda estão dentro. Eu não poderia comê-lo agora, mesmo que quisesse, mas acabou se tornando parte da minha família e vou mantê-lo para sempre”, finalizou.