Mulher engravida para “manter o nome da família vivo” após filha se recusar de fazer o mesmo

A mãe compartilhou o seu relato através das redes sociais, sendo que muitos internautas foram totalmente contrários à opinião da anônima

Resumo da Notícia

  • Uma mãe decidiu recorrer à internet para compartilhar um relato
  • A anônima contou que a filha de 22 anos não quer engravidar
  • A mulher disse que precisou ter outros filhos para manter o nome da família vivo

A geração dos Millenials está tendo filhos em um ritmo mais lento do que seus pais. Entretanto, uma mulher pareceu ficar chateada com esse fato, após a sua filha de 22 anos de idade escolher não ter filhos. Por conta disso, a anônima recorreu ao Facebook para compartilhar com os demais usuários sobre ter decidido engravidar novamente para manter o nome da família vivo.

-Publicidade-

“Sou da Geração X e tenho um grande problema com a forma como carrego o peso dos Millenials”, começou escrevendo a mãe de 42 anos. “Mas essas almas que precisam entrar em nossa família por razões ancestrais ou cármicas ainda precisam nascer.”

 

A mãe desabafou sobre o ocorrido
A mãe desabafou sobre a situação (Foto: reprodução/ Getty Images)

Em seguida, a mulher afirmou que a filha era egoísta por ter tomado tal decisão: “Então, estou presa a dar à luz e criar dois bebês que deveriam ter nascido dela [filha], mas não podem porque ela é muito egoísta para ter filhos.”, finalizou.

O discurso da mulher chamou atenção de muitas pessoas na internet. “Como Millenial, é exaustivo que AINDA sejamos culpados por tudo”, afirmou um usuário. “Os millennials estão matando a indústria do ‘Tenha um bebê e use a existência deles para distraí-lo de seus problemas’”, defendeu outra pessoa.

Outro usuário revelou que estava sendo questionada sobre ter filhos desde os 18 anos. Já um quarto observou que um jovem de 22 anos é na verdade da Geração X, mas, que independentemente disso, defendeu a filha ao dizer que “não é obrigação de ninguém ter um filho”.