Olimpíadas de Tóquio: Ketleyn Quadros fugia da natação para ver treino de judô na infância

A estrela do judô e porta-bandeira do Brasil na abertura dos jogos foi a primeira medalhista olímpica em esportes individuais do Brasil, em 2008

Resumo da Notícia

  • Ketleyn Quadros foi uma das atletas responsáveis por representar o Brasil na abertura das Olimpíadas de Tóquio
  • A estrela do judô foi a primeira brasileira a conquistar uma medalha olímpica por esporte individual, em 2008
  • Ketleyn é filha de cabelereira e cresceu no Distrito Federal

Ketleyn Quadros foi uma das porta-bandeiras responsáveis por representar o Brasil na abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio. A estrela do judô representou a delegação brasileira ao lado do jogador de vôlei Bruninho – e foi a primeira brasileira medalhista olímpica em jogos individuais em 2008.

-Publicidade-

Rosemary Quadros, a mãe de Ketleyn e cabelereira do Distrito Federal, contou em entrevista ao portal O Globo que sempre quis que a filha fosse importante. Por isso, a matriculou na natação, que não conquistou o coração da menina. Quando criança, por causa disso, Ketleyn fugia dos treinos nas piscinas para conquistar os tatames.

A estrela do judô foi porta-bandeira do Brasil na abertura dos jogos (Foto: Reprodução/ O Globo_

Foi com a ajuda de uma vaquinha organizada por amigos da família que Rosemary pôde ver, de pertinho, a filha conquistar o bronze nas Olimpíadas de Pequim, em 2008. A partir daí, a mãe coruja disse que já sonhou alto para a carreira da filha.

Ketleyn não estava escalada para integrar o time de atletas para Pequim – e estava com a meta de participar dos jogos em Londres, só 4 anos depois. Contudo, foi após uma lesão de uma colega de profissão, Danielle Zangrando, que foi escalada para Pequim. Em 2021, a judoca anunciou a participação na abertura das Olímpiadas em vídeo divulgado pela delegação brasileira, no qual confirma, “Estarei representando cada um de vocês nos Jogos Olímpicos de Tóquio. É com muito prazer e honra que assumo essa responsabilidade”.