Pai e filha se abraçam pela primeira vez após 40 anos separados: “Isso só me completou”

Célio Aquiles encontrou Cristiane Maciel com a ajuda de uma tia

Resumo da Notícia

  • Célio Aquiles procurou por Cristiane Maciel durante toda a vida.
  • O encontro foi possibilitado por ajuda de uma tia de Cristiane.
  • Pai vai registrar Cristiane como filha no cartório.

Célio Aquiles passou toda a vida procurando pela filha, a assistente social Cristiane Maciel. O encontro entre o aposentado e ela foi possibilitado pela tia, que se abraçaram pela primeira vez após 40 anos em aeroporto, no Distrito Federal, neste sábado, dia 28 de agosto.

-Publicidade-
Célio Aquiles e Cristiane Maciel se encontraram no aeroporto do Distrito Federal. (Foto: Reprodução/ G1/Arquivo pessoal)

“Eu sempre tinha fé, eu sempre tive fé em Nossa Senhora Aparecida. Dizia: ‘Eu sei que um dia, antes de morrer, vou encontrar minha filha'”, disse o pai em entrevista ao G1.

Os pais de Cristiane namoravam em Brasília, que depois da gravidez se mudou para o Rio de Janeiro e o pai perdeu o contato. Porém, Célio sempre procurou a filha e a jovem também sempre quis conhecer o pai, mas achava que ele não queria vê-la.

“Como ele não me encontrava, eu achei que ele não queria. E eu ficava na boa, né. Não corria atrás. Eu ficava preocupada, pensando: ‘Ele não quer, ele sabe que eu existo’. Só que era o contrário, ele tentava de várias formas me achar e não conseguia”, conta.

Cristiane mora no Rio de janeiro junto do marido e do filho. Ela decidiu no início de 2021, no aniversário de 40 anos, que queria conhecer o pai e pediu ajuda para uma tia, a Antônia Dias Maciel , que mora na capital.

Há duas semanas, a tia conseguiu o contato de um parente aposentado e realizou a primeira conversa entre pai e filha. A Cristiane não poderia mais esperar para vê-lo e comprou uma passagem para o Distrito Federal, onde ocorreu o primeiro abraço apertado entre eles. Os próximos passos serão o reconhecimento dela como filha de Célio no cartório, na segunda-feira, dia 30.

“Isso só me completou. Foi um presente de aniversário tremendo, um divisor de águas na minha vida”, disse a filha sobre o reencontro com o pai.