Família

Pensando em ter um filho de quatro patas? Vem ver essas estratégias

No final, você nunca se arrepende. Ter um bicho de estimação é demais!

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

portrait-of-cute-baby-playing-with-dog-picture-id838439618

(Foto: iStock)

Trazer para casa seu primeiro cão ou gato é um grande negócio. E enquanto a vida da sua família está prestes a mudar da melhor maneira, os desafios também te aguardam. Use essas estratégias para tornar a transição o mais fácil possível.

Introduzi-lo gradualmente 

Sua casa é totalmente nova para o animal. Ele pode levar vários meses para se sentir completamente confortável em um ambiente. Os animais resgatados podem ser especialmente tímidos. “Dê ao seu animal de estimação bastante tempo para se ajustar”, diz Gail Buchwald, vice-presidente da ASPCA Centro de Adoção.

Ele vai mastigar sua casa  

É inevitável, especialmente para filhotes. Se o seu cão não tiver nada por perto para mastigar, ele vai optar pelos móveis. Compre brinquedos para que ele possa fazer isso e mantenha couros longe.

Resolva o problema 

Pense no seu bebê de quatro patas como outra criança em sua casa. Coloque os portões se você não quer seu cachorro em certo quartos e remova enfeites pendurados ou toalhas de mesa.

Treine-o com comida 

Isso servirá como recompensa para seu cachorro e é uma maneira eficaz de seu filho de quatro patas entender que você quem está no comando. Invista tempo e esforço para que seu cão comece a entender os seus comandos, a recompensa é boa.

Faça-o sentir confortável  

As crianças têm salas de jogos. Os animais precisam de um espaço para relaxar também. Prepare uma cama ou um cobertor para o seu animal de estimação. “Tenha em mente que gatos preferem pontos onde eles podem olhar para uma janela, mas os cães preferem lugares de descanso que eles possam encarar a porta para ver quem vem e vai”, diz Buchwald.

Divida as tarefas 

“Animais de estimação unem toda a família, mas no final são os adultos que cuidam mais”, diz Buchwald. Mas pequenas tarefas devem absolutamente serem entregues aos seus filhos. Ele pode ajudar a colocar a comida na tigela, por exemplo.

Você não vai se arrepender 

“Eu estava tão preocupada com todo o trabalho que um filhote me daria e quanto estresse seria adicionado na minha vida”, disse Tracy Hadel. “Então alguém me disse que eu não me importaria com o que acontece com a minha casa e estilo de vida uma vez tomei a decisão. Ele estava certo. A felicidade que nosso cachorro traz para minha família e meus filhos faz todas as dificuldades valerem a pena”, finalizou.

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não