Sem dor! Profissionais da saúde criam dispositivo para crianças não sentirem injeção

Criado por membros colaboradores da Unidade de Oncologia do Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga, o dispositivo possui pequenas pontas distribuídas em toda a sua superfície, o que ajuda a diminuir o incômodo da picada da agulha

Resumo da Notícia

  • Profissionais da área da saúde criaram um dispositivo que diminui a dor da picada de injeções
  • Ele possui pequenas pontas distribuídas em toda a sua superfície, o que ajuda a diminuir o incômodo da picada da agulha
  • O dispositivo já está sendo usado em pacientes infantis da ala oncológica

Seja por medo de agulha ou por causa da dor da picada no local, muitas pessoas sentem um grande desconforto quando precisam tomar injeções – principalmente crianças. Pensando nisso, um grupo de profissionais da área da saúde criou um dispositivo que ameniza a dor na hora que a agulha penetra na pele.

-Publicidade-

O dispositivo foi criado por membros colaboradores da Unidade de Oncologia do Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga, administrado pela Fundação São Francisco Xavier, e já está sendo usado em pacientes pediátricos da ala de oncologia.

O dispositivo é um pequeno objeto feito de polietileno com pequenas pontas distribuídas em toda a sua superfície. Quando elas são pressionadas contra a pele, os nervos daquela área ficam sensibilizados e a sensação de dor causada pela picada da agulha diminui consideravelmente.

(Foto: Freepick)

“A picada da agulha envia uma mensagem de perigo ao cérebro de que algo está perfurando o tecido”, explica Késsia Fernanda dos Reis Barros, em entrevista para a UOL. “Com o dispositivo, é como se fosse possível avisar ao cérebro que aquilo não representa perigo, deixando a pessoa um pouco mais relaxada para a aplicação”.

“Tem gente que chega aqui sem medo e acaba ficando traumatizado, já chega depois ansioso e com medo da dor”, ela conta. Muitas pessoas que passam por longos tratamentos oncológicos já chegam com traumas por causa das diversas picadas de agulha, então o dispositivo é uma mão na roda para ajudar esses pacientes.