Gravidez

Ansiosa para a chegada do bebê? Um check list pode te ajudar!

Veja como diminuir a ansiedade nos últimos momentos de gravidez

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

maneiras de lidar com ansiedade

(Foto: Shutterstock)

 

Você vai concordar que, em alguns momentos, o estresse e a gravidez parecem andar lado a lado. Junto às outras preocupações – trabalho, parto, cuidados com um recém-nascido – outras dores de cabeça também começam a surgir. “Como posso encontrar o pediatra certo?” “Meu parceiro dividirá as tarefas comigo?”.

Boas notícias: pequenas mudanças planejadas podem fazer com que você se senta mais preparada e menos ansiosa. “Quanto mais você planejar agora, menor será o estresse quando o bebê chegar,” afirma Dina Kulik, médica de emergência pediátrica no setor do Hospital de Toronto especializado no atendimento de crianças. Veja as preocupações mais comuns de grávidas e como você pode se preparar diante delas.

Trazer o seu bebê para casa

É normal ficar imaginando a sua nova vida e como ela poderá ser muito ocupada e agitada.

O pode ser feito?

Crie planos concretos, fazendo com que a nova fase do recém-nascido seja mais fácil. Liste nomes e telefones de consultores de lactação, possíveis babás, pessoas que podem fazer e congelar marmitas para você, armazéns e restaurantes que trabalham com entrega em casa e tarefas que podem ser atribuídas aos membros da sua família e ao seu círculo de amigos (como limpar a casa, passar na lavanderia e deixar recados). Isso te ajudará a se sentir no controle e menos exausta.

Não aguenta mais os enjoos da gravidez? Calma, eles vão passar

Escolha do pediatra

É claro que você quer um pediatra confiável. Você também precisará de uma pessoa que te aguente com suas várias perguntas e ligações a qualquer hora.

O que pode ser feito?

Faça uma lista. Comece com critérios que são importantes para você, como consultórios próximos a sua casa ou com mais de um único médico disponível, caso o seu não esteja no momento que você precisar. Além disso, recolha recomendações de amigos, família e seu obstetra/ginecologista.

Pergunte sobre agendamento de consultas com dois ou três pediatras, sobre horários de expediente do consultório – durante a noite e aos finais de semana, associações com hospitais e o tempo de uma consulta.

Combinar os cuidados com o seu parceiro

É claro que ele é um ótimo parceiro para você, mas passa pela sua cabeça se você ainda o amará quando vocês dois estiverem horas sem dormir várias noites seguidas. E você também precisa saber se os dois estarão de acordo para dividir as responsabilidades do bebê.

O que pode ser feito?

Seu parceiro, certamente, divide as mesmas preocupações que você. É válido que vocês discutam essas questões em conjunto. Como as tarefas serão divididas, da alimentação às mudanças mais profundas: “Vocês irão alternar as refeições ou as noites de sono?” Você não será capaz de deixar tudo pré-estabelecido antes da vinda do bebê, mas é bom ter alternativas para diminuir sua ansiedade.

 

Configurando o quartinho

Montar o quartinho do bebê e decorá-lo é divertido, mas pode ser difícil.

O que pode ser feito?

“Não tente fazer tudo sozinha,” disse Carrie Krawiec, diretora executiva da Associação de Casamento e Terapia Familiar de Michigan (em tradução livre), em Farmington. Ao invés disso, liste amigos e família: inclua a pintura como tarefa do seu pai e fale para a sua irmã organizar o guarda-roupa. Pode ser difícil sair um pouco do controle, mas isso trará um alívio maior para você antes de o bebê chegar.

Manter o seu bebê seguro

Você já deve ter tido inúmeras aulas sobre o momento do parto, mas quais são os procedimentos de primeiros socorros com um bebê? Como saber se aquele berço atende aos padrões de segurança estabelecidos pela lei?

O que pode ser feito?

Alguns hospitais e centros comunitários oferecem aulas de primeiros-socorros infantis. Assisti-las pode ajudar para aliviar os seus medos, uma vez que o bebê estará em casa. “Se você souber como ajudar o seu bebê, sem dúvidas, se  sentirá mais segura quanto ao seu papel como mãe.” Sobre os produtos infantis, faça uma pesquisa como uma boa lição de casa. Procure se informar a partir de fontes confiáveis.
Existem pessoas que vão saber da sua gravidez antes mesmo de você contar

Mito ou verdade? Teste seus conhecimentos sobre gravidez

 

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não