Família

Uma jornalista americana caiu no choro ao noticiar a separação de famílias imigrantes nos Estados Unidos. E nós também

A nova política de "tolerância zero", que separou quase 2.000 crianças de seus familiares, deixou o mundo inteiro abalado

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Reprodução: Facebook)

(Reprodução: Facebook)

A jornalista e comentarista de política da emissora MSNBC caiu no choro ao vivo ao falar sobre a política de “tolerância zero” do governo americano. Rachel Maddow mostrou ser mais uma pessoa abalada com a separação de bebês e crianças imigrantes de suas famílias. “Acho que vou ter que deixar essa notícia… Me desculpem, isso é muito pesado”, ela diz ao interromper sua fala.

O tema, que está em alta dentro e fora dos Estados Unidos, estabeleceu que imigrantes ilegais deveriam responder a processos criminais. Mas não para por aí, a polêmica gerada se dá ao fato de que essas pessoas, flagradas tentando atravessar a fronteira, estavam sendo separadas dos filhos – o que cortou o coração do mundo inteiro.

Para entender melhor, leia nossa matéria explicando a medida.

Confira, abaixo, o vídeo de Rachel: