Notícias

“Coisas melhores vieram”

Ysabela Aires, mãe de Maria Clara e Maria Júlia, não sente culpa de não ter cumprido todas as suas metas

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Todo ano, todo mundo se enche de metas e objetivos para o ano que se inicia e eu não sou diferente! Costumo inclusive escrever tudo que quero que se realize! Tenho minhas metas, meus planos, sonhos, mas coloco tudo nas mãos de Deus para que ele direcione pra mim!

Desde que as meninas nasceram, a maioria das minhas metas gira em torno do bem estar das pequenas e sofrem grandes, enormes, monstruosas modificações durante o ano! No final do ano, o que vejo são resultados muito melhores do que se tivesse seguido o passo a passo das minhas próprias vontades!

Em 2013, eu tinha como planejamento voltar a estudar para concurso e continuar com a minha empresa de laços de forma tranquila! Tudo aconteceu diferente! Os laços bombaram, a Maria Lacinhos (www.marialacinhos.com.br) virou uma empresa, e surgiu o ParaCriançaBH (www.paracriancabh.com.br), que tomou o lugar dos estudos para concurso e onde eu me encontrei! Mas de uma coisa eu não abri mão: estar com as meninas em tempo integral.

Minha primogênita estava em uma escola onde eu pretendia colocar a caçula também e elas passariam o ano de 2014 lá. Tudo mudou outra vez! Mudei a Clarinha de escola e tive que correr atrás de uma escola próxima para colocar a Julinha.

Planejei várias coisas que não aconteceram, mas alcancei outras que jamais passaram pela minha cabeça que eu alcançaria! Aprendi a ser mais tolerante e respeitar melhor as diferenças! Aprendi inclusive a gostar das diferenças! Por conta disso, não tenho a menor culpa de não ter cumprido metas ou alcançado tudo que havia planejado! Coisas melhores vieram!

Agora é chegada a hora de traçar minhas novas metas…

– Viajar em família; O fato de estar em família já diz tudo! Podemos ir para qualquer lugar que se a vontade for de curtir em família, já basta para ser divertido e bom!

– Dedicar uma vez por semana, exclusivamente, às brincadeiras e passeios que as minhas filhas devem escolher. Tantas vezes temos compromissos que não podemos mudar e temos que cumprir agenda. A rotina diária chega a cansar! Torna-se necessário permitir que as crianças escolham onde e como querem se divertir! E quando elas escolhem, são programas tão mais simples e fáceis de fazer! O resultado é surpreendentemente bom!

– Ter mais tempo para brincar e relaxar com as minhas filhas e que eu saiba dosar melhor o meu tempo. Acho que vou ter que recorrer a uma planilha de horários ou cronograma diário de atividades! Como a minha caçula ainda não foi para a escola, me divido em 4 o dia inteiro pra dar conta de tudo! Acabo não tendo horário exclusivamente dedicado a uma coisa só. Todo o meu dia fica dedicado a tudo e a todos! E isso me deixa doidinha!!!

-Rir mais, me divertir mais e tomar um delicioso banho de chuva! Sim, pode parecer simples e bobo, mas eu amo tomar banho de chuva com as crianças. Isso lava a minha alma! E depois, é só tomar um banho quente pra não aparecer nenhuma gripe no dia seguinte! Chuva de verão daquelas sem risco de trovão ou raio, em dias quentes são deliciosas e fazem muito bem à alma!

– Ter mais contato com a natureza e ensinar as minhas filhas a fazerem o mesmo! Nada mais gostoso do que usufruir das maravilhas naturais que temos por aqui! Sempre peguei todos os bichos e não tinha medo de nenhum. Não sei o que aconteceu, mas fiquei medrosa e, sem querer, passei isso pras minhas filhas. Preciso tentar ajudá-las nisso!

– Fazer com que mais pais possam usufruir das informações, dicas e sugestões do ParaCriançaBH (www.paracriancabh.com.br), conseguir que sejam colocados em prática todos os projetos em pauta para o ano que vem e qu