Saúde

Mayra Cardi diz que filha de 5 meses é vegana e recebe críticas

Sophia já começou a introdução alimentar

Izabel Gimenez

Izabel Gimenez ,filha de Laura e Décio

(Foto: Reprodução Instagram / @arthuraguiar)

Mayra Cardi resolveu adotar um novo cardápio na família e tirar carne e produtos derivados de animal da dieta, tanto dela, quanto da filha Sophia, de 5 meses. A escolha gerou polêmica nas redes sociais e muita gente criticou dizendo que aquilo não era o melhor para a criança.

“É nosso papel de mãe insistir nas escolhas que acreditamos ser a melhor para nossos filhos, muitas mamães não gostam de frutas e legumes e por isso, esse movimento de insistir para que os bebês comam, acaba se tornando mais difícil, não temos a facilidade de influenciar e insistir naquilo que não gostamos ou acreditamos, por isso o exemplo é tão eficaz a ajuda ambos, mas independente de você gostar ou não do que oferece a seu bebe, se você tem consciência que faz bem e é necessário, insista muito, e mostre a ele o que talvez você não tenha aprendido para que ele não sofra como você”, explicou na legenda.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

As primeiras vezes sempre serão caretas, e não é porque eles de início fazem as caretas e não comem, que não virão a gostar. Como TUDO na vida desde que nascemos até a morte chegar, o NOVO é sempre desconfortável e na maioria das vezes preferimos ficar onde estamos, não arriscar, não mudar, não trocar, não “sofrer” as adaptações de perdas e ganho da vida do que tentar. Com o tempo aprendemos a não procrastinar, a não deixar de lutar e encarar o novo, aprendemos a viver bem, ou não. É nosso papel de mãe insistir nas escolhas que acreditamos ser a melhor para nossos filhos, muitas mamães não gostam de frutas e legumes e por isso, esse movimento de insistir para que os bebês comam, acaba se tornando mais difícil, não temos a facilidade de influenciar e insistir naquilo que não gostamos ou acreditamos, por isso o exemplo é tão eficaz a ajuda ambos, mas independente de você gostar ou não do que oferece a seu bebe, se você tem consciência que faz bem e é necessário, insista muito, e mostre a ele o que talvez você não tenha aprendido para que ele não sofra como você, as caretas o ruim o azedo, amargo e até o dolorido, faz parte do todo da vida que no fim da o equilíbrio para que possamos saber e dar valor no doce, no macio nas conquistas e vitórias! Boa sorte e muita garra na introdução alimentar de seu bebe/ tem mais informações nos story de hoje dela, próximo post falarei sobre a BLW método usado nesse vídeo para comer e sobre iniciarmos a adaptação agora é quais minhas escolhas junto com a nutri dela

Uma publicação compartilhada por Sophia Cardi Aguiar (@sophiacardiaguiar) em

Nos stories, Mayra também se posicionou e explicou: “Precisa obviamente de um acompanhamento diferente, precisa de muitas vitaminas. Estamos, a princípio, indo por uma linha vegana, então precisa de várias vitaminas, várias coisas que tem além do alimento. O alimento não pode proporcionar tudo isso. A nutricionista passa esse monte de vitaminas necessárias, que precisa”

E ainda completou dizendo que essa decisão não necessariamente será para sempre,”Não significa que só porque agora ela está fazendo desta forma, porque é o que eu acredito no momento, eu não possa mudar de ideia em algum momento. Estou falando de uma vida que não é a minha. É uma vida que vai além de mim. O que eu puder estudar, me atualizar, o que eu puder fazer e se eu tiver que mudar de opinião, mudarei”, disse.

Para concluir, Mayra disse que acha que essa é a melhor escolha e esse é o objetivo da life coach “Acredito que o mais importante de tudo, para todas as mães, é que nossos filhos estejam realmente bem. Sempre saudáveis. Eu me preocupo com tudo, sim, e por isso que estou passando para ela essa conscientização alimentar”, finalizou.

Afinal, criança pode ser vegana?

Elaine Pádua, mãe da Isabella e da Rafaella, nutricionista e nossa colunista da revista, afirma que tudo vai depender muito de como a mãe vai lidar com isso. “É preciso que exista um profissional por trás do cardápio criado para o seu filho para que possa minimizar os riscos nutricionais para a saúde da criança”, explica e alerta: “Elas vão precisar repor as fontes presentes em alimentos derivados de animais, seja em alimentação ou na suplementação”.

Renata Cortella, medica especialista em Avaliação Metábolica e Nutricional, relembra que veganismo não é sinonimo de saúdavel, mas pode sim ser uma ótima opção de dieta, se feita de forma equilibrada. “Para os pratos das crianças, é necessário que tenha 1/3 de hortaliças, 1/3 de leguminosas e 1/3 cereal”, explica a especialista.

Leia também:

Junior Lima diz que o filho é vegetariano e a gente te explica os cuidados para entrar nessa onda 

Cookie de cacau vegano: Aprenda a fazer de um jeito fácil 

Batom vegano: um projeto de mãe e filha