Bebês

Mãe é proibida de amamentar bebê de 10 meses em piscina pública nos Estados Unidos

A responsável pelo local, o salva-vidas e um policial se envolveram na história

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

O caso aconteceu no Texas, nos Estados Unidos (Foto: Getty Images)

Uma mãe foi obrigada a se retirar de uma piscina pública no Texas. O motivo? Tentar amamentar o filho de 10 meses. Misty Daugereaux é mãe de duas crianças e estava amamentando o filho mais novo durante um passeio no Nessler Park Family Aquatic Center, na cidade do Texas.

Ela estava acompanhada pelos filhos e pelo sobrinho quando um salva-vidas pediu para ela cobrir os seios. A responsável pela piscina também se aproximou de Misty e reforçou o pedido.

“Ela disse: ‘Ou você se cobre ou vai embora’”, contou Misty à emissora de TV KTRK. “Eu disse para ela me mostrar onde estavam as regras que diziam isso. E que, então, eu iria embora’. A responsável pela piscina responde que não concordava, mas que era a política do local”.

No Texas e em outros 49 estados dos EUA, a amamentação em público é permitida, podendo a mulher estar com os seis cobertos ou não. No dia do ocorrido, a pessoa responsável pela piscina chamou até a polícia para conversar com Misty e resolver a situação. Na gravação de uma câmera grudada à roupa do policial, é possível ver Misty dizendo: “Eu tenho direito de alimentar o meu bebê”.

“Não quero que todos os homens da piscina olhem para os meus seios, mas eu tenho um bebê de 10 meses que não usa mamadeira e eu tenho o direito de alimentá-lo. Não estou sendo desrespeitosa, não quero causar nenhuma cena no ambiente”, disse Misty.

O policial foi então falar com a responsável pela piscina e com o salva-vidas. Eles alegaram que Misty estava com os seios à mostra e isso deixou os visitantes inconfortáveis. Eles então pediram para o policial convidar Misty a se retirar da piscina.

“Eu saí de lá devastada por não ter conseguido me posicionar”, disse a mãe.  A história de Misty se espalhou e muitas mães se reuniram na piscina para protestar contra a atitude dos funcionários do lugar. Misty se juntou a elas e agradeceu o apoio. “Sinto-me poderosa, amada e apoiada, muito mais do que eu poderia imaginar”, desabafou.

Leia também:

Amamentação: respondemos as 17 maiores dúvidas das mães

Amamentação sem segredo: confira perguntas respondidas por uma especialista

Thaeme fala sobre amamentação: “Estava destruída”