Arroz: saiba os benefícios desse grão que é a cara do Brasil

É aquele alimento básico em todo o país (e que bom!), porém há muito sobre ele que você ainda não conhece

Seja com feijão, strogonoff, carne, frango, peixe, o arroz é uma marca registrada no cardápio das famílias brasileiras. Por ter alta concentração de carboidratos, é uma ótima fonte de energia… E por ter baixo teor de gordura, é importante para o equilíbrio alimentar e nutricional. Não à toa é um dos grãos mais conhecidos ao redor do mundo.

O arroz pode trazer diferentes nutrientes para a alimentação da família (Foto: Getty Images)

Embora pareça um alimento básico, há variações na composição dele, de acordo com o genótipo e processamento, e essas diferenças são bastante exploradas em dietas. Enquanto um grão com menor índice glicêmico pode colaborar na prevenção e controle de diabetes, outros com maior teor de minerais são alternativas para quem está em risco nutricional.

Mas deixamos aqui o alerta: o arroz branco polido, mais conhecido e consumido, sofre redução na maioria dos nutrientes, uma vez que o polimento (com finalidade de melhorar a aparência e sabor) diminui as taxas de minerais, vitaminas, fibra dietética, entre outros. Por isso, vale a pena conhecer os outros tipos e testar em família, como o parboilizado e o integral, ou até as diferentes pigmentações, como arroz preto ou vermelho. A presença desse ingrediente em várias receitas torna o estudo dele importante para assegurar a saúde global.

Muito mais que um grão

Saiba mais sobre as variedades do arroz

  • Arroz branco polido: passa pelo processo de descascamento e polimento, reduzindo a quantidade de nutrientes.
  • Arroz integral: o grão desprovido de casca, que mantém intactas as camadas interna e externa, sendo bastante nutritivo.
  • Arroz parboilizado: quando ainda em casa, é submetido a um processo hidrotérmico, sendo mais resistente.