Colunistas

Entenda porque você não precisa se preocupar quando seu filho muda de sala

Sair da zona de conforto às vezes faz bem!

Não precisa ir na escola reclamar, as mudanças são boas! (Foto: Getty Images)

É normal querer proteger seu filho das possíveis mudanças e decepções, mas nem sempre essa é a melhor atitude que podemos tomar. Um caso que sempre gera polêmica no início do ano é a troca de classe.

Normalmente, os filhos não gostam de se separar dos amigos e muito menos daquela rotina que já estão acostumados. Por isso, muitas mães resolvem ir à escola pedir para que a mudança não aconteça, mas isso, por mais que pareça, não é o melhor para eles.

As mudanças fazem bem para a criança. Ao entrar em contato com novas pessoas e personalidades, o horizonte delas se abre e muitas vezes, inclusive, descobrem várias outras coisas pelas quais se interessam e nem sabiam por nunca ter tido contato.

Fora isso, a sociabilidade do seu filho vai se desenvolver. Com a rotina nova, ele vai precisar sair da zona de conforto e tentar se relacionar com outras pessoas e possivelmente quebrar vários esteriótipos.

O mais importante é entender que os reagrupamentos são pensados para que haja melhor desenvolvimento das crianças e para que isso aconteça, todas precisam estar mais ou menos no mesmo nível.

Para entender melhor sobre o assunto, veja o vídeo completo:

Leia também:

Vale a pena ficar em um casamento ruim pelos filhos? 

Como proteger as Crianças durante o divórcio

Mãe também namora! Veja 3 dicas para te ajudar