Criança

15 brincadeiras (criativas e divertidas) para crianças de 3 anos

Com essa idade, as brincadeiras que exigem mais coordenação motora já podem ser apresentadas ao seu filho

Jennifer Detlinger

Jennifer Detlinger ,Filha de Lucila e Paulo

(Foto: Getty Images)

Brincar é sinônimo de ser criança. É também sinônimo de descobrir, inventar, aprender e imaginar. A gente acredita, acima de tudo, que o brincar é um direito de todas as crianças. Pular, correr, imaginar, criar e estar em constante movimento, tanto mental quanto corporal, contribui para o desenvolvimento social, emocional e cognitivo de cada criança.Se o seu filho tem 3 anos, as brincadeiras que exigem mais coordenação motora já podem ser apresentadas. Com essa idade, ele já consegue pedalar num triciclo, brincar com baldinhos na areia e montar quebra-cabeças com peças grandes, por exemplo. Essa é a fase em que seu filho vai adorar fazer, desfazer e refazer até cansar. Por isso, abuse dos brinquedos de montar e desmontar e de bonecos com roupas fáceis de serem tiradas e vestidas.

Em tempo: vale lembrar que essa vontade de montar e desmontar tudo é um sinal de alerta para a qualidade dos brinquedos escolhidos, pois alguns têm peças pequenas, que podem ser perigosas. Piscinas de bolinhas são ótimas para a idade. Além de terem muita cor, a criança vai lidar com todas aquelas bolas no corpo e ver como ela ocupa o espaço – percebendo que, quando ela entra, as bolas se deslocam. Isso favorece o desenvolvimento da percepção espacial e ajuda a lidar com o equilíbrio.

Misture também as idades (Foto: iStock)

Seu filho também vai adorar brincadeiras com massinha, tinta e areia, além de rabiscar. A criatividade começa a se desenvolver, e a criança também percebe, com mais intensidade, que pode produzir coisas para oferecer ao outro. A junção disso a gente já conhece: começam a aparecer os famosos desenhos ou esculturas de massinha que vêm acompanhados de um “pra você, pai” ou “pra você, mãe”.

Nessa faixa etária, em que já há linguagem e vocabulário, quem comanda as brincadeiras é o mundo imaginário. Para deixar as brincadeiras de faz-de-conta mais divertidas, máscaras, fantoches e fantasias são boas sugestões. Vestidas como seus personagens favoritos, as crianças adoram “ser” princesas e super-heróis. Também é a fase dos instrumentos musicais de brinquedo, como pandeiros, pianinhos, trombetas e tambores. Separamos quinze brincadeiras ideias para as crianças de 3 anos. Olha só:

(Foto: iStock)

1. Telefone sem fio

Número de participantes: a partir de 4

As crianças devem ficar em círculo ou enfileiradas. A primeira cria uma mensagem e fala no ouvido da próxima. A mensagem vai passando adiante, cada um dizendo aquilo que entendeu. O último participante deve dizer, em voz alta, o que ouviu. Se estiver correto, o criador da mensagem vai para o fim

2. Boliche

Número de participantes: a partir de 2

Faça os pinos com garrafas pet, cheias até a metade. Depois, com uma bola, o jogador deve tentar derrubá-las. Em cada rodada, o participante pode tentar duas vezes.

3. Morto-vivo

Número de participantes:a partir de 4

Coloque as crianças em uma fila. Uma delas (que precisa estar fora da fila) ou você mesmo, fica de frente. Quando disser “morto”, elas devem se abaixar. E quando for “vivo”, elas precisam estar de pé. O condutor deve ir alternando as palavras e a velocidade. Quem errar, está fora da brincadeira.

4. Bolhas de sabão

Número de participantes: a partir de 1

Misture duas colheres de sopa de detergente em um copo de água. Mexa bem e com um canudinho assopre. Quanto mais devagar a criança assoprar, maior ficará a bolha.

(Foto: Getty Images)

5. Estátua

Número de participantes: a partir de 3

Uma das crianças é escolhida como o chefe e as outras devem estar posicionadas de frente para ele. O chefe designa qual será a estátua. Pode ser de cachorro, passarinho, gato, cobra… Então, quem está no comando escolhe a estátua mais bonita, mais feia ou mais engraçada. Pode-se também colocar uma música para tocar e quando o chefe aperta o stop, todos param! O chefe vai a cada jogador e os provoca. Quem se mexer, perde!

6. Não me faça rir

Número de participantes: a partir de 2

Uma criança tenta fazer a outra rir, enquanto ela tenta desesperadamente segurar a risada. Quem rir primeiro, perde.

7. Corre-cotia

Número de participantes: a partir de 4

Os participantes devem sentar em uma roda e um participante fica de pé, com um lenço na mão. Enquanto todos cantam a canção “Corre cutia na casa da tia”, o participante dá voltas por trás dos que estão sentados. No fim da música, ele coloca o lencinho atrás de alguém, que deve sair correndo atrás do primeiro. Ou o pegador pega o fugitivo ou o fugitivo se senta no lugar dele, o que vai transformar o pegador no próximo a dar voltas com o lencinho.

(Foto: Getty Images)

8. Casinha

Número de participantes: a partir de 1

Essa brincadeira pode ser feita em qualquer espaço e com diversos tipos de brinquedos, como bonecas e bichos de pano. As crianças representam os papéis sociais e podem inverte-los, por exemplo, cada hora uma é mãe e a outra a filha.

9. Batata quente

Número de participantes: a partir de 4

Com uma bola em mãos, as crianças devem estar dispostas em um círculo. Elas podem estar de pé ou sentadas, tanto faz. Uma delas deve estar fora da roda e com os olhos tampados. Ela deve cantar “Batata quente, quente, quente, quente…” em diferentes velocidades para que as outras passem a bola. Quando ela disser “queimou”, quem estiver com a bola em mãos é eliminado.

10. Passa anel

Número de participantes: a partir de 4

Um dos jogadores será o passador do anel. Com o objeto entre as palmas da mão, a criança deve passar suas mãos entre as dos participantes, que devem estar posicionados lado a lado ou em círculo. O passador deve fazer isso quantas vezes quiser, mas em uma delas deve deixar o anel. Quando acabar, ele pergunta a outro jogador com quem ficou o objeto. Se a pessoa acertar, os papéis são invertidos. Se não, tudo continua igual.

11. Teatro de fantoches

Número de participantes: a partir de 2

Histórias ajudam a estimular a imaginação e favorecem o mundo lúdico da criança, o que é superimportante. No teatro de fantoches, a criatividade vai comandar o espetáculo. Os atores podem ser bonecos confeccionados ou até meias customizadas. Os adultos podem começar a contar a história. Depois, as posições se invertem e os filhos inventam seus próprios enredos.

(Foto: Getty Images)

12. Desenho maluco

Número de participantes: a partir de 3

Nessa brincadeira, cada participante recebe uma folha em branco. O primeiro passo é desenhar uma cabeça no alto da folha. Depois, dobram-se os papéis e as folhas são trocadas entre os participantes. Em seguida, cada participante continua o desenho na folha que recebeu. Repetindo as instruções, as folhas são novamente trocadas. Assim, cada criança desenha uma parte, da cabeça aos pés. No fim, abra os papéis e veja os desenhos que se formaram. Com certeza, vão ficar muito divertidos, com direito a cada participante deixar a sua marca neles.

13. Mãos na massa

Número de participantes: a partir de 1

Quem não gosta de brincar de massinha? O melhor dela é que pode ser feita em casa. Você só vai precisar de uma xícara de sal, quatro de farinha de trigo, uma xícara e meia de água, três colheres de sopa de óleo e corantes alimentícios das cores que preferir. Depois, é só misturar tudo e, literalmente, colocar as mãos na massa!

14. Batata quente diferente

Número de participantes: a partir de 4

Uma brincadeira que junta tradição e tecnologia! Usaremos o celular, mas de um jeito inusitado. A brincadeira consiste em sentar em roda e programar a opção de foto do celular no timer. Iniciada a contagem regressiva para o clique, o celular servirá de batata quente e passará de mão em mão. Quando o tempo se esgotar, a foto não deixará mentir quais mãos foram as últimas. Depois da brincadeira, vale sentar junto e se divertir com as fotos que ficaram registradas.

15. Caça ao tesouro

Número de participantes: a partir de 4

O tesouro está escondido e o mapa do pirata é a própria casa! Todas as pistas estarão espalhadas e farão todo mundo quebrar a cabeça para pensar em conjunto. Como recompensa, as crianças vão ganhar abraços, beijos e muito carinho.

Leia também:

50 brincadeiras para o seu filho

11 brincadeiras diferentes para fazer com seu filho nas férias

8 brincadeiras para você fazer com seu filho em casa