5 livros (superlegais) para você ensinar educação financeira ao seu filho

Porque entender sobre o dinheiro desde cedo é importante, sim

Educação Financeira para crianças – Foto: iStock

Vamos falar de grana. Sim, dinheiro não é assunto apenas para gente grande. É fundamental que a criança desde cedo tenha contato com a definição dessa palavra. Até porque, na fase adulta, ela pode ganhar diferentes formas, como bufunfa, grana, tutu, pé-de-meia, pila, prata, tostão, dindin e assim vai. Mas brincadeiras a parte, educação financeira é de extrema importância para que seu filho saiba criar o poder de planejamento, dar o valor e entender como lidar com o dinheiro.

-Publicidade-

Há anos na Pais&Filhos já temos falado sobre isso , mas em 2018 a Brase Nacional Comum Curricular (BNCC) estabeleceu como matéria obrigatória a educação financeira e a educação de consumo. Ou seja, seu filho vai aprender a melhor maneira de cuidar e gastar o dinheiro, além de sacar que ele não é infinito e ninguém merece ficar sem. As instituições de ensino têm até 2020 para implementar essa mudança e preparar professores em todo o Brasil.

A escola vai ter uma grande participação para que a criança ganhe conhecimento, mas lembre-se, você como mãe ou pai é quem vai educar e ensinar. A bola é sua e a obrigação também. Pensando nisso, de maneira simples e divertida, separamos alguns livros que podem facilitar a vida quando o assunto for a tal da grana. Em meio aos livros que seu filho já consome, pense que um desses pode entrar na prateleira e ter grande função.

-Publicidade-
  • Meu dinheirinho

Autores: Carlos Eduardo Freitas Costa e Fabrício Pereira Soares
Editora: Scrittore
Com histórias e exemplos do dia a dia, os personagens, que são crianças, ajudam a entender sobre dinheiro, como ganhar, gastar corretamente e a poupar.

 

Livro: Meu dinheirinho – Foto: Divulgação
  • Dinheiro compra tudo?

Autores: Cássia D’Aquino
Editora: Moderna
A autora, que é educadora, escreveu para ensinar ao seu filho. O livro conta desde quando o dinheiro ainda nem existia, na época das cavernas, explica o surgimento das moedas e toda a história. Com brincadeiras e jogos de adivinhação ela ensina como lidar com dinheiro.

 

Dinheiro compra tudo? – Foto: Divulgação
  • Como se fosse dinheiro

Autora: Ruth Rocha
Editora: Salamandra
A história conta como seria comprar um lanche usando como moeda de troca uma galinha, já que o personagem estava cansado de receber bala como troco. Depois disso, o bairro todo ficou sabendo da história, e nenhum comerciante da região deu mais mercadorias de troco como se fossem dinheiro.

 

 

Como se fosse dinheiro – Foto: Divulgação
  • Zequinha e a porquinha poupança

Autor: Álvaro Modernell
Editora: Editora Mais Ativos
O autor, que é educador financeiro, escreveu os livros para ensinar aos seus filhos. O grande sonho do personagem era ter um cavalo, mas seus pais não podiam pagar. Então, eles resolveram dar uma porquinha chamada poupança, que ele deveria cuidar para que ela crescesse e ficasse forte, assim ele poderia comprar o cavalo.

Zequinha e a porquinha Poupança – Foto: Divulgação

 

  • Série de livros: O menino do dinheiro
Autor: Reinaldo Domingos
Editora: Editora Dsop
São cinco livros e em cada um deles uma lição. No primeiro, o personagem precisa guardar moedas para comprar o brinquedo que deseja. Na sequencia, ele aprende que dinheiro não compra tudo, como empreender, como administrar a mesada e até que sustentabilidade e dinheiro tem tudo a ver.
O menino do dinheiro – Foto: Divulgação

Se quiser ver mais sobre esse assunto, assista ao vídeo que fizemos sobre mesada, que pode ser o primeiro contato, prático, do seu filho com o dinheiro.

-Publicidade-