A Associação Médica Brasileira afirma que compras de vacinas para crianças são urgentes

A Anvisa autorizou a imunização de crianças entre 5 a 11 anos, no entanto o processo tem enfrentado alguns obstáculos

Resumo da Notícia

  • A Anvisa autorizou a imunização de crianças entre 5 a 11 anos
  • O processo tem enfrentado alguns obstáculos
  •  A vacina autorizada para essa faixa etária é a Pfizer

Nesta última segunda-feira, 27 de dezembro, a Associação Médica Brasileira (AMB) afirmou que a compra de vacinas para crianças é uma urgência necessária. A imunização contra a Covid-19 entre 5 a 11 anos foi aprovada na quinta-feira, 16 de dezembro. 

-Publicidade-

A entidade publicou uma nota se manifestando ser a favor da aplicação da vacina contra o vírus em crianças. No entanto, o processo tem enfrentado alguns obstáculos por conta do Ministério da Saúde. “Lembramos que a liberação por parte da Anvisa, neste e em quaisquer casos/faixas etárias, somente ocorre após rigorosos estudos clínicos, tendo como voluntários milhares de indivíduos, com o objetivo de garantir a segurança e eficácia”, afirmou a AMB.

Vacinação crianças
Vacinação crianças contra a Covid-19 (Foto: ThinkStock)

O órgão também acrescentou a informação das 7 milhões de crianças que já foram imunizadas nos Estados Unidos, com a Pfizer, e que isso é uma comprovação real de que as vacinas possuem eficácia e segurança. Eles também relembram as mais de 300 crianças que já perderam a vida por conta do vírus. “Novas mortes são absolutamente evitáveis e temos obrigação de trabalhar nesse sentido”, disse. “A vacinação é essencial para reduzir/evitar sofrimento, hospitalizações e mortes”, continuou.

“Faz-se necessária a urgente aquisição das doses pediátricas pelo Ministério da Saúde. Conclamamos todos os pais e/ou responsáveis a, quando as vacinas estiverem disponíveis, vacinarem seus filhos. Vacina é vida, vacinar, um ato de amor!”, afirmou a nota.

Na manhã desta quinta-feira, dia 16 de dezembro, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) fez uma coletiva de imprensa para se pronunciar sobre o resultado da avaliação técnica do órgão a respeito do pedido de indicação da vacina da Pfizer contra Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos.

Segundo a Agência, a farmacêutica BioNTech enviou os dados e os estudos de segurança de indicação da vacina para crianças no dia 12 de novembro.

Cidade de SP reduz intervalo entre doses da vacina contra covid-19 para adolescentes
Vacina da Pfizer contra covid-19 para crianças (Foto: Getty Images)

A vacina de crianças deverá ser diferente daquela aplicada em adultos. O imunizante para maiores de 12 ano é de 30 microgramas e possui diferentes substâncias em sua composição, o que acaba influenciando também no volume injetado no corpo.