Criança

A expectativa de vida do seu filho vai aumentar, mas ele pode ser menos saudável

Veja 5 atitudes que você pode tomar para ajudar o seu filho a viver mais e melhor

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

Sabemos que a expectativa de vida aumentou. Já não é mais tão raro ver pessoas com 90 ou 100 anos de idade. Mas você já parou para pensar que o seu filho, que está no seu colo ou brincando ali do lado, vai viver até os 100 anos? E o principal vem agora: quando ele passar dos 65, poderá ser menos saudável do que os adultos que têm 65 anos hoje.

Essa informação, assim como outros dados interessantes sobre longevidade, foi apresentada em maio no debate anual da Merck Consumer Health, em Darmstadt, na Alemanha. As diferentes mesas de bate-papo reuniram especialistas de diversas organizações, como ONU, Unicef e Federação Mundial da Obesidade. O evento divulgou as conclusões do estudo Kids on Old Age (Crianças na velhice, em tradução livre), realizado pela Merck em parceria com o centro de pesquisa da revista britânica The Economist. O estudo analisou pessoas e ações em cinco países, incluindo o Brasil e a Alemanha. Foram entrevistados sobre a qualidade da saúde das crianças 400 pais (200 mães e 200 pais) e 101 educadores.
A pesquisa comprovou que os jovens de hoje terão menos saúde do que os adultos de hoje se nada mudar drasticamente. “As pessoas estão vivendo mais. As mulheres, inclusive, estão vivendo mais do que os homens. Contudo, ainda são as decisões pessoais, como fumar ou levar uma vida sedentária, as principais causas de mortes naturais”, explicou Marc Luy, do Instituto de Demografia de Viena.

Números que preocupam (% da população)

Obesidade entre crianças

37% Arábia Saudita
34% Brasil
22% Índia
20% Alemanha
15% África do Sul

Você acha que seu filho está acima do peso?
20% Alemanha
14% África do Sul
12% Índia
8% Arábia Saudita
0% Brasil
Quanto escola e sociedade trazem programas de integração entre crianças e idosos
29% Índia
19% Brasil
15% Arábia Saudita
10% África do Sul
4% Alemanha
5 atitudes para fazer hoje e ajudar seu filho a viver mais e melhor

  1. Coloque para se mexer
    Criança parada é que nem poça d’água: cria fungo e bactéria. Incentive-a a caminhar pelo bairro, jogar bola, aproveitar as manhãs de sol no playground.
    2. Prato colorido
    Variedade é sinônimo de saúde. Quanto mais diversificada, mais nutritiva é a refeição.
    3. Reduza as porções
    Nada em exagero faz bem. Qualidade não é quantidade. Quando a criança estiver satisfeita, respeite e não insista.
    4. Tempo livre
    Fazer nada também é saudável. Agenda de criança deve priorizar a brincadeira livre e não as atividades extracurriculares.
    5. Boa noite!
    Dormir cedo e o suficiente é fundamental para crescer e fazer o corpo processar tudo. Apague a luz, adormeça a casa e garanta uma bela noite reparadora para seu filho.

*Por Carolina Porne

Leia também:

Agora você pode jantar com seus super-heróis favoritos! Saiba como 

Retrospectiva Pais&Filhos 2017: Quem é ele

Retrospectiva Pais&Filhos 2017: Sempre alerta 

 

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não