Criança de 2 anos desaparece no mar enquanto mãe tirava selfie na praia

O caso aconteceu em Alappuzha, na Índia. A mulher chegou a ser avisada do perigo de ir à praia com as crianças, pois o mar estava muito agitado, mas decidiu ir a uma área mais afastada da praia

Resumo da Notícia

  • A mãe estava com os dois filhos e um sobrinho e tirava fotos com as crianças, quando uma delas foi levada pela força de uma onda
  • A mulher chegou a ser avisada do perigo de ir à praia com as crianças, pois o mar estava muito agitado
  • A mãe conseguiu salvar a criança e os sobrinhos, mas será investigada por ter desobedecido as autoridades locais

Neste último domingo, 13 de setembro, em Alappuzha, na Índia, um menino de dois anos, identificado como Adhikrishna, foi levado por uma onda enquanto a mãe tirava selfies. Segundo a polícia local, a mãe estava com os dois filhos e um sobrinho e tirava fotos com as crianças, quando uma delas foi levada pela força de uma onda.

-Publicidade-
(Foto: Reprodução/Times of India)

A mulher chegou a ser avisada do perigo de ir à praia com as crianças, pois o mar estava muito agitado, mas mesmo assim, decidiu ir a uma área mais afastada da mesma praia. Segundo o Times of India, a mãe conseguiu salvar as outras crianças, mas o menino segue desaparecido. A mulher será investigada por ter desobedecido as autoridades locais, colocando em risco a vida das crianças.

Cuidados na praia

Quando o assunto é mar, todo cuidado é pouco. Suas águas são traiçoeiras e, sem exagero nenhum, a mínima desatenção pode ser fatal, não dá para brincar, descuidar… É assim: as crianças devem sempre ter um adulto por perto, por mais que já saibam nadar. Não adianta muito confiar em bóias, que servem mesmo é para piscina. Além de não garantir a segurança de seu filho, elas podem até dificultar o eventual trabalho do salva-vidas.

-Publicidade-

Uma dia: deixe os pequenos bem longe de lugares com pedras e costeiros, e muita atenção com a correnteza. Depressões na areia podem enganar quanto ao nível do mar, e é questão de um passo ou um minuto para o raso virar fundo. Como diz o ditado: “Água no umbigo, sinal de perigo!”. Férias devem ser fonte de prazer. Por isso, olho vivo. Não é paranóia, não: praia é tudo de bom, mas com criança tem de ficar super-hiper-megaligado.

-Publicidade-