Essas mãe resolveram fazer um ensaio fotográfico para mostrar que a aparência não interfere na maternidade

As fotos mostram um lado diferente dessas mulheres que foram rotulados

As tatuagens incomodaram outras mães (Foto: reprodução/ Hypeness)

Algumas mães foram reprimidas por causa da aparência que elas têm: cabelos coloridos, tatuagens e piercings. Por isso elas resolveram inovar e fazer um ensaio fotográfico para provar que as aparências não determinam o caráter e, muito menos, a maternidade.

-Publicidade-

“Quando eu levava meus filhos para a creche, eu me sentia como se eu não fosse como as outras mães“, contou ao UpWorthy. “Eles eram muito mais velhas e eu me sentia um pouco distante delas. Me diziam muitos ‘Oh, você é tão jovem para ser uma mãe,’ e ‘Você realmente não se parece com uma mãe’. Mas sempre pensei ser tolice dizer que alguém não se parece como uma mãe”, contou Sanchez sobre a experiência que teve.

 Os cabelos também (Foto: reprodução/ Hypeness)

Segundo o site Hypeness, ela que motivou outras mulheres desconhecidas mas que, provavelmente, já passaram pelas mesmas situações que ela para participar de um projeto de fotografia muito poderoso. A série de fotos foi nomeada “Devotada”, que trata de mães ‘não típicas’ e os filhos.

-Publicidade-
Elas quiseram provar que o amor é maior do que a aparência (Foto: reprodução/ Hypeness)

Por causa da aparência, elas sempre foram rotuladas. E não há nada mais belo que a maternidade, independentemente da cor do cabelo ou das tatuagens no corpo. Por isso nos último três anos, Sanchez tirou fotos de as mulheres com aparências modernas ao lados dos filhos, para quebrar os esteriótipos.

E os filhos parecem não se importar (Foto: reprodução/ Hypeness)

“Eu conhecia mães que não se pareciam com uma ‘mãe típica’ e sempre quis fotografá-las para lhes mostrar que ninguém precisa procurar uma determinada maneira de ser mãe“, disse ela, segundo o site.

Leia também: 

Mãe de Alok vai visitar o neto e o DJ se declara: “Minha admiração por você cresceu muito”

BBB 2020: Jade Seba é única mãe a entrar na casa e mostra “Brother” preferido

Hospital divide opiniões nas redes sociais após proibir mães de usarem o celular enquanto amamentam

    -Publicidade-