Flávia Monteiro realiza sonho de filha ao levá-la para andar de ônibus pela 1° vez: “Aventura”

A atriz viajou com Sophia, de 6 anos, do Rio de Janeiro até São Paulo

Resumo da Notícia

  • A filha de Flávia nunca tinha andado de ônibus
  • A mãe decidiu realizar o sonho dela
  • Registrou tudo nos Stories

Flávia Monteiro, de 49 anos, realizou um desejo antigo da filha, Sophis, de 6 anos. A atriz levou a menina para andar de ônibus pela primeira vez. O percurso escolhido foi do Rio de Janeiro até São Paulo neste último final de semana.

-Publicidade-
Flávia Monteiro levou Sophia para andar de ônibus
Flávia Monteiro levou Sophia para andar de ônibus (Foto: Reprodução / Instagram)

Flávia afirmou que a aventura era apenas de mãe e filha, já que o marido, o empresário Ayner Saragossy, ficou no Rio de Janeiro, só as acompanhado até a rodoviária. “Vamos fazer uma aventura pela rodoviária, pela estrada e por aí”, disse a atriz.

A mãe registrou tudo no Instagram e mostrou que a o chegar na Rodoviária do Tietê, a experiência tinha valido a pena. “Chegamos em São Paulo. Estou descabelada e posso dizer que amamos a viagem. O custo X benefício é maravilhoso. Barato e confortável”, disse a atriz, dizendo que escolheu uma viagem ‘no stop’: “É mais rápido porque não tem aquela paradinha. E fora que a viagem virou uma curtição”.

Passeio no shopping

Flávia Monteiro acordou animada no dia 15 de outubro e aproveitou para curtir o dia com a família. A atriz foi fotografada com a filha, Sophia, e o marido, Ayner Saragossy, em um passeio pela região de Ipanema, no Rio de Janeiro.

Flávia Monteiro passeou com a filha no shopping
Flávia Monteiro passeou com a filha no shopping (Foto: Daniel Delmiro / AgNews)

Recentemente, ela deu uma entrevista para falar sobre como se sente após superar uma depressão e crises de ansiedade. “Ia do choro a uma raiva profunda. Sabe aquela coisa de brigar com guarda no trânsito? Como se fosse uma TPM louca que não tem fim, tipo isso? Ficava virada no jiraiya. Estava bipolar nesse sentido de ir do choro à raiva”, afirmou.

Flávia também falou sobre a maternidade: “Não queria passar por essa vida sem a experiência de ser mãe. Fui postergando muito por conta do trabalho. Cheguei a perder dois bebês. Engravidei em 2011, depois em 2013 e perdi. Estava fazendo a peça Mulheres Alteradas e precisei entrar no palco com fralda geriátrica por baixo do figurino. Sou louca, sou kamikaze. Não sei se faria isso novamente, mas sempre fui kamikaze, não durmo no ponto. Sou formiguinha obreira”.