Madrasta acusada de jogar enteado de 6 anos do 4º andar de um prédio confessa crime

Segundo o conselheiro tutelar, a mulher ameaçou matar o menino após iniciar uma crise de ciúmes

Resumo da Notícia

  • Uma mulher de 31 anos confessou ter arremessado o enteado de apenas 6 anos do 4º andar de um prédio
  • Segundo o conselheiro tutelar, a mulher ameaçou matar o menino após iniciar uma crise de ciúmes
  • O caso aconteceu na madrugada desta segunda-feira

Uma mulher de 31 anos confessou ter arremessado o enteado de apenas 6 anos do 4º andar de um prédio. Segundo o conselheiro tutelar, a mulher ameaçou matar o menino após iniciar uma crise de ciúmes. O pai da criança foi quem acusou a esposa de jogar o menino pela janela. O caso aconteceu na madrugada desta segunda-feira.

-Publicidade-

“Ela confessou o crime e disse que brigou com o pai da criança e logo depois a jogou do 4º andar. Ela foi presa após diligências da polícia, que fez buscas desde o ocorrido”, informou Fábio Costa, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ao G1.

A criança foi jogada do 4 andar de um prédio pela madrasta
A criança foi jogada do 4 andar de um prédio pela madrasta (Foto: Getty Images)

A vítima deu entrada no Hospital Geral do Estado (HGE), às 2h40, e teve ferimentos no rosto e escoriações pelo corpo. O estado de saúde é considerado estável. O menino aguarda cirurgia para conter sangramentos. De acordo com o conselheiro tutelar da 8ª Região, Ewerton Pita, a criança passou a morar com o pai e a madrasta há cerca de 8 meses, quando a mãe faleceu.

Segundo relato do pai, os dois estavam bebendo no momento em que a mulher teve uma crise de ciúmes e ameaçou matar o menino. Em seguida, ela pegou a criança e a jogou do apartamento.