Mãe mata filho de 7 anos, coloca corpo em mala de rodinhas e despeja cadáver em rio

O caso aconteceu no Rio Grande do Sul e as buscas pelo cadáver da criança continuam

Resumo da Notícia

  • Caso aconteceu no Rio Grande do Sul
  • A policia está investigando se a mulher teve uma parceira no crime
  • As buscas pelo corpo continuam

Nesta última sexta-feira, 30 de julho, uma mulher de 26 anos foi presa em flagrante com a suspeita de matar o próprio filho, de apenas 7 anos, e jogar o corpo em um rio em Imbé, no Rio Grande do Sul. A Polícia Civil contou que a mãe procurou a delegacia para registrar o desaparecimento do garoto, mas no meio do processo, acabou confessando ter dopado a criança e jogado o corpo no Rio Tramandaí.

-Publicidade-
A mala que foi usada para transportar o corpo da criança (Foto: Reprodução / ISTOÉ)

As autoridades estão investigando se a companheira da mulher também teve parte no crime. As buscas pelo corpo foram iniciadas nesta última quinta-feira, 29 de julho, pelo Corpo de Bombeiros e por uma aeronave da Polícia Civil. A única coisa encontrada até o momento é a mochila de rodinhas que a mulher usou para transportar o corpo do menino até o rio.

O responsável pelo caso, o delegado o Antônio Carlos Ractz Júnior solicitou ao Poder Judiciário a conversão da prisão em flagrante da mulher para prisão preventiva. A mãe da criança deve ser indicada pelos crimes de omicídio qualificado (meio cruel e impossibilidade de defesa da vítima) com majorante (praticado contra pessoa menor de 14 anos) e agravante (cometido contra descendente), ocultação de cadáver e resistência.