Menina de 3 anos engole arames de bolo de aniversário e caso serve de alerta

O pai, Willians Dias, publicou um desabafo sobre o ocorrido no Facebook – e falou sobre a importância de ficar atento às crianças com a equipe da Pais&Filhos

Resumo da Notícia

  • Um pai publicou um desabafo preocupado sobre um acidente envolvendo a filha de 3 anos
  • Willians Dias, por meio do Facebook, comentou que a menina ingeriu 9 pedaços de arame usados em uma decoração de aniversário
  • Ele ainda contou que foi por pouco que não perdeu Luísa

Willians Dias publicou no Facebook um desabafo sobre situação difícil que viveu com a filha Luísa, de 3 anos. O pai estava com a esposa e a menina em um aniversário quando, sem perceber, viu a filha ingerindo pedaços de bolo com arames – utilizados para sustentar uma decoração de pasta americana em formato de formigas. Em conversa com a Pais&Filhos, Willians ainda falou sobre a importância de se manter alerta a casos como o dele.

-Publicidade-

“Uma louca fez um bolo infantil e colocou formiguinhas de pasta americana comestível por cima. Mas pasmem, ela utilizou arames para dar estrutura aos bichinhos. Cada bichinho tinha 6 arames menores nas patas e um grande no corpo. Minha filha comeu 3 ou 4 desses porque um adulto deu a ela e nos disse que era comestível, sem conferir se era totalmente comestível”, contou, em post que já acumula mais de 2 mil curtidas e 5 mil comentários.

Em entrevista à Pais&Filhos, o pai contou que confiou na mulher e deixou a filha comer o doce: “Eu relaxei, e acabei deixando ela comer a formiguinha”. No entanto, ainda conta que percebeu que havia algo errado com o doce quando Luísa foi comer do seu lado. Ainda disse que, mesmo com 3 anos, a menina conseguiu perceber que alguns pedaços não faziam parte da comida, e chegou a cuspir as “sementes”.

Luísa chegou a cuspir alguns arames do doce (Foto: Reprodução/ Facebook)

“Quando encontrei os arames o terror se iniciou. Por sorte minha filha cuspiu muitos arames  senão ela teria engolido mais de 20 e o pior poderia ter acontecido. Mesmo assim ela engoliu 9! Ver essa radiografia e ouvir a medica falando sobre a cirurgia que seria grave fez meu mundo ruir. Não consegui comer, dormir, viver. Apenas rezei e muito por um milagre!”, desabafou no depoimento.

O pai ainda explicou: “Ela nunca foi aquele tipo de criança que coloca qualquer comida na boca. E a gente sempre deu comida sólida para ela. Então ela já sabia comer frutas e tirar as sementes, por exemplo. E isso ajudou muito. Por que a gente perguntou para ela sobre a formiguinha e ela disse que comeu, mas foi tirando as “sementes”. E quando ela falou isso, deu até um alívio, porque a gente achou que ela não tinha comido nenhum arame. Mas pelo sim, pelo não, nós acabamos levando ela no hospital, e quando saiu a radiografia, o resultado foi assustador”.

A menina ainda engoliu alguns arames, que apareceram no raio-x (Foto: Reprodução/ Facebook)

Luísa está bem, e Willians ainda escreveu que foi muita sorte da família que os arames que ela engoliu saíram pelas fezes – e não causaram nenhum ferimento mais grave. “Essa saída do hospital é o renascimento de minha filha e meu renascimento também!”, falou. “Vou sempre ser grato por este dia e pelo fim de todo esse terror! E que esse alerta fique aos pais! Cuidado pois coisas bizarras assim podem acontecer”, escreveu, enfim.

Para a Pais&Filhos, Willians disse que essa foi uma situação que reforçou o cuidado dele e da esposa com a menina – e que deve servir de alerta para os pais. “A ideia de fazer o post veio da própria médica que atendeu minha filha, que achou o caso inacreditável e nos incentivou a fazer um relato. E a gente quase perdeu nossa filha por uma besteira, um assunto, banal. E essa história tem que chegar em todos os pais, para que o mínimo de nós corra um risco desse novamente”, desabafou.

Sobre o ocorrido, o pai de Luísa ainda contou, em entrevista exclusiva à Pais&Filhos, que nunca havia presenciado nada parecido com conhecidos e amigos.  “Era uma situação bem séria. A gente não acreditava no que estava acontecendo. Mas deu tudo certo e não desejamos passar por esse sofrimento novamente”.