Xô preconceito! Meninos que brincam de boneca podem ficar mais carinhosos

Segundo psicóloga da Universidade do Kentucky, nos EUA, brincadeira ajuda a desenvolver empatia

(Foto: Shutterstock)
(Foto: Shutterstock)

A gente já sabe que brincadeira é tudo de bom para as crianças. Algumas, no entanto, podem ser ainda melhores quando se fala em criar um filho carinhoso e que se importa com as pessoas. As bonecas podem ajudar nisso, de acordo com Christia Spears Brown, psicóloga da Universidade do Kentucky, nos Estados Unidos.

-Publicidade-

Ao brincar com bonecas, as crianças simulam situações da vida. Isso é mais uma forma de aprender a cuidar de outras pessoas e a interagir. E não pense que apenas as meninas podem desenvolver empatia brincando dessa forma.

A especialista, que estudou o assunto para escrever o livro Parenting Beyond Pink & Blue (Paternidade Além do Rosa e Azul, em tradução livre), ressalta que os garotos gostam de brincadeiras desse tipo tanto quanto as meninas, principalmente no primeiro ano de vida.

-Publicidade-

“Os meninos recebem menos estímulos para desenvolver empatia. Ainda que o cérebro seja diferente, eles se interessam por pessoas tanto quanto as meninas e passam o mesmo tempo observando os outros”, explica Christia Spears Brown.

Leia também:

Chega de rótulos! Não existe essa história de cor de menino e de menina

Brincadeira não tem gênero

Menina questiona a diferença de gênero dos brinquedos

    -Publicidade-