Tiago Tatton fala sobre a importância de viver o agora e aproveitar cada momento da felicidade

Com a palestra “Um pé na razão e outro na emoção”, o pós-doutor em Psiquiatria e co-fundador da Iniciativa Mindfulness abriu com chave de ouro a primeira palestra do 9º Seminário Internacional Pais&Filhos

Resumo da Notícia

  • Tiago Tatton é pai de Clara Luz, pós-doutor em Psiquiatria e co-fundador da Iniciativa Mindfulness
  • Ele abriu o 9º Seminário Internacional Pais&Filhos com a primeira palestra do dia
  • Em uma conversa fundamental, Tiago falou sobre a importância de ter "Um pé no chão e outro na emoção"

Nossa programação começou nesta quarta-feira, 19 de agosto, com um palestra pra lá de especial com Tiago Tatton, pai de Clara Luz, pós-doutor em Psiquiatria e co-fundador da Iniciativa Mindfulness. Na conversa sobre sentimentos, “Um pé no chão e outro na emoção”, ele explicou sobre como as emoções podem determinar nas nossas escolhas no dia a dia. 

-Publicidade-
Tiago Tatton explicou que as emoções podem determinar as nossas escolhas no cotidiano (Foto: Acervo Pessoal)

Sobre o Mindfulness, ele explicou tim-tim por tim-tim: “O mundo tem um ritmo e as vezes ele tira o nosso foco e tira a nossa cabeça do lugar. É a habilidade e o treino de se conectar com tudo aquilo que é presente. Esse momento pode ser presente de alegria, leveza, mas também pode ser presente de dificuldades, de sofrimento. Muitas vezes ter consciência da dificuldade, ou do sofrimento, é muito bom. Não tem como não sentir isso, porque nós somos seres humanos”.

Com um mundo cada vez mais tecnológico, é muito importante nos reconectarmos com as pessoas que amamos, além de nós mesmos! Durante a palestra, Tiago deixou claro que a felicidade não é como uma receita de bolo, e sim que é necessário se ouvir mais e se acolher. 

-Publicidade-

Ao falar sobre “o que é felicidade para ele”, Tiago deu uma baita lição: “É importante saborear a felicidade enquanto ela está acontecendo. As vezes nós estamos felizes e não conseguimos nem perceber. E isso passa. É importante se conectar com tudo aquilo que é presente, que é real!”, explicou.

Durante a conversa, ele ainda comentou o quão importante é ouvir os próprios sentimentos e entendê-los como em um momento de raiva, por exemplo, principalmente na criação dos filhos. Com uma história pessoal, Tiago contou sobre como se sentiu quando a filha, por acidente, derrubou o notebook dele no chão: “Eu sei que estou com raiva, mas escolhi ter uma reação diferente, que não seja automática. Gritar com ela não vai trazer o notebook de volta e só vai fazer com que se sinta ainda mais culpada”.

Como conselho valioso, ele ressalta a importância de se ouvir em primeiro lugar e principalmente respirar fundo: “Tome um tempo, esteja com a sua raiva e seja compassível ao se conectar com as reais intenções. Tudo o que você está sentindo agora é humano e real, e tudo bem! Dê um tempo a si mesmo. Nós, pais e mães, vamos sentir o medo que nos trazem esses desafios, que são grandes oportunidades de aprendizagem”, concluiu.

-Publicidade-