5 dicas de segurança para a decoração do quarto do bebê que fazem toda a diferença

Segurança e conforto devem ser os principais pontos a serem seguidos nesses casos. Veja dicas de especialistas para deixar o ambiente funcional e lindo!

Resumo da Notícia

  • O ideal é deixar o quarto do bebê pronto para a chegada dele com antecedência
  • É importante planejar o espaço sempre com itens seguros
  • Para ajudar nessa tarefa, separamos 5 dicas de ouro
Dicas para segurança do quarto do seu filho! (Foto: Divulgação/ Studio M&A Arquitetura)

Quando se descobre a gravidez já começam também os planos e programação para a chegada do bebê. Desde o nome, a cor do quarto, os móveis, os acessórios, e tudo mais. E a dica para curtir cada momento da gestação e não precisar fazer tudo na correria e de última hora, o ideal é deixar o quarto do bebê pronto para a chegada dele com antecedência, pensando sempre na segurança do ambiente.

-Publicidade-

De acordo com Camila Marinho, arquiteta e sócia do Studio M&A Arquitetura, existem alguns truques básicos que devem ser seguidos. “Os tipos de decoração para o quarto de crianças podem variar muito, mas um ponto que todos devem seguir é a questão da segurança, pois precisamos levar em consideração que esse bebê vai crescer e querer brincar, por isso, objetos perigosos não podem estar por perto”, explica.

Você pode deixar o ambiente lindo e seguro (Foto: Divulgação/ Studio M&A Arquitetura)

Para ajudar nessa tarefa – que dá trabalho sim, mas que é uma delícia de preparar – separamos 5 dicas de ouro para preparar o quarto do seu bebê com segurança e conforto:

-Publicidade-

1 – Praticidade e segurança em primeiro lugar

Móveis multifuncionais e que podem ser feitos em casa, com a proposta do “Faça Você Mesmo”, estão super em alta e podem ser bem bacanas mesmo. Porém, quando o assunto são bebês e crianças, precisamos ter um alerta o tempo todo em relação a segurança. Então, apesar de ser uma proposta legal, vale pesquisar a fundo sobre esses móveis e objetos e levar sempre como prioridade a segurança e a praticidade que pode te trazer no dia a dia.

Moveis com divisórias ajuda aguardar objetos deixando o ambiente organizado e seguro (Foto: Shutterstock)

2 – Evite as quinas

Essa dica é muito importante não apenas para o quarto do bebê, mas também em todos os móveis da casa, já que ele vai circular em todas as áreas. Pode parecer clichê, mas existe o risco do seu filho acabar se machucando ao bater a cabeça ou o rosto nesses móveis. Pensando nisso, a dica é apostar em proteções de plástico, que são fáceis de serem encontradas e não prejudicam em nada a decoração, ou até mesmo optar por móveis sem quina.

Detalhes fazem toda diferança (Foto: divulgação)

3 – Nada de fios soltos e tomadas desprotegidas

Quem tem criança em casa sabe a importância e os cuidados que se deve ter com as tomadas e fios pela casa. Choque em bebê pode ser muito grave, então todo cuidado é pouco. Uma boa ideia é deixar sempre um móvel na frente das tomadas ou passar fios por trás ou debaixo de tapetes, por exemplo. Mas é fundamental que as tomadas tenham protetores e que não existam fios soltos que a criança possa puxar – como por exemplo, de um abajur ou telefone. Cada detalhe faz diferença.

Para você se inspirar (Foto: Divulgação)

4 – Disposição do quarto

Muito além da decoração do quarto, a posição em que cada móvel ou objeto de decoração é colocado faz toda a diferença para a segurança do seu bebê. O berço, por exemplo, é o ponto principal no quarto do bebê, e é a partir dele que tudo é pensado. A recomendação é deixar o berço longe das janelas, assim evita-se que o bebê pegue friagem. Segundo a arquiteta, o melhor é que o móvel fique encostado numa parede livre. “Além dessa parte estética, é fundamental analisar se o berço está enquadrado em todas as normas do INMETRO”, acrescenta.

Detalhes para servir de inspiração (Foto: Divulgação)

5 – Circulação é fundamental

O quarto do bebê é parte de um sonho para muitas famílias e que às vezes acabam exagerando nos móveis e na decoração – o que também pode levar a esquecer o que é realmente importante. Ter espaço para circular dentro do cômodo é essencial não apenas para você, que precisará se movimentar muito por lá, mas pensando também no seu filho, que logo vai crescer e brincar, engatinhar e quem sabe até dar os primeiros passos no chão do quarto!

Garantir espaço para brincadeiras é necessário (Foto: Divulgação Grão de Gente)