89% das famílias passaram a valorizar mais os professores com a pandemia, aponta estudo

O levantamento feito pelo Datafolha com 1.301 responsáveis por crianças e adolescentes mostrou que o período em casa fez os pais e alunos aumentarem o respeito pelos educadores

Resumo da Notícia

  • Uma pesquisa realizada pelo Datafolha concluiu que as famílias estão valorizando mais o trabalho dos professores com a pandemia
  • O estudo apontou que 89% dos responsáveis por crianças e adolescentes acharam o trabalho destes profissionais mais desafiador do que julgavam antes
  • A valorização dos responsáveis também surtiu efeito nos alunos, que também passaram a respeitar mais os educadores

A pandemia da covid-19 trouxe diversos desafios para as famílias, uma das áreas mais afetadas foi justamente a educação. Com a necessidade de isolamento social, as aulas migraram para o ambiente online e acarretaram reflexões importantes.

-Publicidade-
Uma nova pesquisa provou que a pandemia fez responsáveis e crianças respeitarem ainda mais os educadores
Uma nova pesquisa provou que a pandemia fez responsáveis e crianças respeitarem ainda mais os educadores (Foto: iStock)

Uma pesquisa realizada pelo Datafolha e encomendada pelo Itaú Social, Fundação Lemann e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), mostrou o impacto desse período ao afirmar que as famílias passaram a valorizar mais os professores neste momento.

O levantamento divulgado na última sexta-feira, 15 de outubro, em que se comemora o Dia dos Professores, entrevistou 1.301 responsáveis por 1.846 crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos que estudam na rede pública de ensino.

O questionamento apontou que 89% dos entrevistados reconhecem que os professores possuem um trabalho mais desafiador do que julgavam antes da pandemia. Também 89% concordou que esta profissão exige mais preparo do que acreditavam ser necessário antes deste período de quarentena.

E essa valorização dos educadores pelos pais também mostrou influência na valorização destes profissionais pelos filhos, já que 67% acreditam que os professores estão sendo mais respeitados por parte das crianças.

O levantamento foi feito entre os dias 13 de agosto e 16 de setembro de 2021, com as perguntas sendo feitas por meio do telefone.