Caso Rafael Miguel: Paulo Cupertino é preso após 3 anos de busca

O empresário matou Rafael Miguel e os pais dele em 2019, por não aceitar o namoro do ator de Chiquititas com a filha, Isabela. Ele também estava na Difusão Vermelha da Interpol

Resumo da Notícia

  • O empresário matou Rafael Miguel e os pais dele em 2019
  • Ele não aceitava o namoro distorção de Chiquititas com a filha
  • Paulo também estava na Difusão Vermelha da Interpol

O acusado pela morte do ator Rafael Miguel e dos pais dele, Paulo Cupertino, foi preso nesta segunda-feira, 15 de maio, em São Paulo. O crime aconteceu no dia 9 de junho de 2019 e desde então o processo estava acontecendo.

-Publicidade-

Os policiais da 6ª Seccional fizeram a prisão de Paulo e encaminharam ele para o 98º Distrito Policial, no Jardim Miriam, Zona Sul de São Paulo. Conforme declaração do delegado do caso, os policiais receberam a informação que Paulo estava na capital e então, foram a procura.

Paulo Cupertino era procurado há 3 anos
Paulo Cupertino era procurado há 3 anos (Foto: Reprodução/ Polícia Civil)

Paulo Cupertino era o primeiro nome da lista dos criminosos mais procurados e perigosos de São Paulo. Ele estava incluído na Difusão vermelha de Interpol. Segundo o Ministério Público, o empresário matou a família pois não aceitou o namoro entre o ator e a filha, Isabela Tibcherani.

Os vídeos gravados pelas câmeras de segurança do local mostram Cupertino atirando no ator, Rafael, que tinha 22 anos, e depois, nos pais do ator, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e a mãe dele, Miriam Selma Miguel.

Paulo Cupertino foi acusado por triplo homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa das vítimas. Ele nunca chamou um advogado para defender ele. Além de Cupertino, dois amigos dele também são réus por terem acobertado e ajudado o assassino a fugir.

Os assassinatos aconteceram na frente da própria casa onde a garota morava com a mãe, no bairro da Pedreira, Zona Sul de São Paulo. O empresário fugiu após matar os 3 e Isabela e a mãe não se feriram.

Mais procurado de São Paulo

O nome e a foto de Paulo Cupertino não apareceria na lista de criminosos procurados pela Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal), com o objetivo de unir todos os policiais do mundo para prender acusados de crimes e que podem ter fugido para outro país.

Mesmo assim, segundo o G1, o empresário estava na Difusão Vermelha do órgão, isto é, tinha um mandado de prisão dele que poderia ser cumprido em qualquer país.

Possíveis formas de como Paulo poderia estar
Possíveis formas de como Paulo poderia estar (Foto: Reprodução/ Polícia Civil)

No site da Polícia Civil mostra Cupertino como o primeiro dos 17 criminosos mais procurados pelo estado de São Paulo. Até junho de 2021, os canais de denúncia da polícia receberam ao menos, 90 endereços do possível paradeiro do homem.

Conforme informações do Instituto São Paulo contra a Violência, o assassino foi visto em 25 cidades paulistas, oito municípios de outros estados, uma cidade na Argentina e cinco locais não identificados.

Sobre o ator

Rafael Miguel ficou conhecido por interpretar o Paçoca em “Chiquititas”, do SBT, e trabalhou em inúmeros comerciais que passavam nas emissoras de televisão. Ele já atuou em novelas como “Cama de gato” e “Pé na jaca” na Rede Globo.

O ator, Rafael Miguel, e os pais
O ator, Rafael Miguel, e os pais (Foto: Reprodução/ Redes sociais)