Bebê afegão reencontra família após desaparecer em confusão no aeroporto de Cabul

O bebê desapareceu após ser entregue a um soldado norte-americano

Resumo da Notícia

  • Um bebê desapareceu em agosto de 2021 em confusão no aeroporto de Cabul
  • Ele foi entregue a um soldado norte-americano
  • Cinco meses depois, ele foi entregue à família

Durante a retirada das tropas dos EUA no Afeganistão, o bebê, Sohail Ahmadi, foi dado a um soldado norte-americano em agosto. Isso aconteceu por conta do Talibã ter voltado ao poder. Neste último sábado, 8 de janeiro, ele foi devolvido à família.

-Publicidade-

Enquanto se retiravam do país para os Estados Unidos, os pais do bebê e mais cinco filhos, estavam em meio à uma situação caótica nos portões do aeroporto. Neste momento, o soltado questionou se eles precisavam de ajuda. Foi neste momento, que eles decidiram entregar a criança ao homem, com medo de que ela fosse esmagada pela multidão, tendo em mente que se encontrariam a frente.

Criança com o avô
Criança com o avô (Foto: Reprodução / Ali Khara / Reuters)

A criança foi encontrada no aeroporto de Cabul, na capital, por um motorista de táxi Hamid Safi. Ele estava chorando no chão, então o homem decidiu levá-lo para casa. Após negociações, Hamid entregou o bebê para o avô.

No entanto, eles se desencontraram, e de acordo com o pai, Mirza Ali, o Talibã havia tomado o país rapidamente, enquanto os soldados norte-americanos saíam para repelir centenas de pessoas que tentavam escapar.

Mirza Ali, que disse que trabalhou como segurança da embaixada norte-americana durante 10 anos, começou a perguntar desesperadamente a toda autoridade que encontrava sobre o paradeiro do bebê. Ele também afirmou que um comandante militar havia dito que o aeroporto era perigoso para o bebê e que poderia ter sido entregue à uma área especializada para crianças. No entanto, o local estava vazio. “Ele caminhou comigo por todo o aeroporto para procurar em todo lugar”, disse ele.

Eles tiveram de partir para os Estados Unidos, ao estado de Michigan, e felizmente, cinco meses depois, conseguiram reencontrar o filho que estava desaparecido em Cabul.