Brasileira que estudou em escola pública a vida toda descobre asteroide na NASA

Laysa Peixoto Sena Lage, de 18 anos, faz física na Universidade Federal de Minas Gerais (UFM) e sempre teve interesse pelas estrelas

Resumo da Notícia

  • Uma jovem foi medalhista de prata em uma competição científica
  • Ela estava fazendo também pesquisas para Nasa
  • Descobriu um asteróide

Laysa Peixoto Sena Lage sempre foi apaixonada pelas estrelas e ciência. A estudante brasileira descobriu com apenas 18 anos um asteroide no espaço durante uma pesquisa para a NASA, a Agência Espacial Norte-Americana.

-Publicidade-
Laysa já coleciona certificados científicos (Foto: Reprodução / Instagram)

A descoberta aconteceu em agosto desse ano após uma campanha da NASA. A moradora de Contagem, Belo Horizonte, em Minas Gerais, estudou a vida toda em uma escola pública. Porém isso não a impediu de seguir os sonhos. Em 2020, ela foi medalhista de prata na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) e ganhou a medalha de bronze na Competição Internacional de Astronomia e Astrofísica.

A campanha “caça asteroides”

Laysa estava no computador no início do ano, quando viu no site da NASA a campanha “caça asteroides”, realizada em parceria com a The International Astronomical Search Collaboration. Ela então decidiu participar e conseguiu realizar uma descoberta histórica de um novo asteroide. A rocha espacial foi batizada de LPS 003, as inicias do nome da jovem cientista.

Os internautas amaram a história da menina e a elogiaram muito. “Que felicidade ver mulheres brasileiras alcançando grandes conquistas no mundo da ciência“, escreveu um. “A ciência é maravilhosa! Essa menina vai ter um futuro brilhante, tenho certeza”, opinou outro. “Maravilhosa, que orgulho os pais dessa menina devem estar sentindo”, parabenizou outra